Projeto da WWF promove a sustentabilidade para as pessoas e as pescas

Iniciativa Gulbenkian Oceanos é representada na Comissão de Honra

A Iniciativa Gulbenkian Oceanos esteve presente no lançamento do projeto FishForward da WWF-Portugal, que teve lugar no dia 15 de outubro no Instituto Camões, em Lisboa.

O FishForward vai promover até ao final de 2017 campanhas de sensibilização pública em 11 países europeus para promover um futuro sustentável para os peixes e para os mais de 800 milhões de pessoas nos países em desenvolvimento que dependem da pesca para sobreviver. Este projeto surge no âmbito do vasto trabalho da WWF sobre sustentabilidade nos oceanos e do Ano Europeu do Desenvolvimento, que se assinala em 2015.

A UE é o maior importador de peixe e marisco do mundo, sendo que 50% destas importações provêm de países em vias de desenvolvimento. Com tamanha influência dos consumidores europeus sobre as pescas destes países, o FishForward vai incentivar pessoas de toda a Europa a olhar para além das suas fronteiras e aprender mais sobre os impactos sociais e ambientais que as suas escolhas de peixe e marisco têm sobre os pescadores, os stocks de peixe e os milhões de famílias que dependem da pesca nos países em desenvolvimento.

A Iniciativa Gulbenkian Oceanos é representada na Comissão de Honra do projeto FishForward pela Catarina Grilo. Fazem também parte da Comissão de Honra: Ana Paula Laborinho (Presidente do Camões IP), Gonçalo Carvalho (Coordenador da PONG-Pesca), Henrique Cabral (Professor Catedrático da FCUL e Coordenador do MARE), Joana Seixas (actriz e embaixadora da WWF), Mário Franco (modelo e embaixador da WWF), Miguel Miranda (Presidente do IPMA) e Tiago Pitta e Cunha (Consultor do Presidente da República para os Assuntos do Mar).