Presidente da República condecora Vítor de Sá Machado

A atribuição, a título póstumo, da Grã-Cruz da Ordem de Cristo ao antigo presidente da Fundação foi realizada durante a cerimónia comemorativa do dia Calouste Gulbenkian.
© Miguel Lopes/Presidência da República

O antigo presidente da Fundação Gulbenkian, Vítor de Sá Machado (1933-2002), foi ontem condecorado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com as insígnias da Grã-Cruz da Ordem de Cristo.

A condecoração foi entregue durante a cerimónia de comemoração do Dia Calouste Gulbenkian, durante a qual Marcelo Rebelo de Sousa recordou a figura do seu Fundador e a ação da Fundação, destacando o papel decisivo dos seus vários presidentes, ao longo das últimas décadas.

Ao atribuir a distinção a Vítor de Sá Machado, afirmou tratar-se de uma omissão que é agora reparada “no dia [do Fundador] e no lugar [Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian] adequados à gratidão tardia para o tempo do apenas humano, mas adequada ao tempo do intemporal”. A condecoração, a título póstumo, foi entregue à família, na pessoa da sua filha, Margarida Ilharco.

Atualização em 21 julho 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.