LUSO – Mostra Itinerante do Novo Cinema Português

O mais recente cinema português mostra-se em Itália com o apoio da Fundação Gulbenkian.

Mais de 30 cidades italianas vão acolher, este outono, uma programação especial dedicada ao novo cinema português. Apoiada pela Fundação Gulbenkian desde a sua primeira edição, esta iniciativa vai exibir, este ano, cinco longas-metragens premiadas nos principais festivais internacionais.

A iniciativa teve início a 13 de outubro no Cinema Farnese, em Roma, com a presença de Ana Rocha, realizadora de Listen e vencedora do Prémio Sophia 2021 de Melhor Filme e Sérgio Praia, ator que interpreta o papel principal no filme Variações de João Maia. 

Nesta 2ª edição de LUSO, além dos filmes citados, serão também projetados A Metamorfose dos Pássaros, de Catarina Vasconcelos, Technoboss, de João Nicolau e Mosquito, de João Nuno Pinto.

O programa contará também com uma mesa redonda sobre o novo cinema português com especialistas italianos e portugueses e a presença de alguns autores dos filmes apresentados.

Esta iniciativa é organizada pela Associação Il Sorpasso, entidade promotora em Portugal e no Brasil da Festa do Cinema Italiano, em colaboração com a Arch Film, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, do ICA, da Embaixada de Portugal em Roma e do Instituto Camões.

As projeções e os encontros decorrerão em cinematecas, centros culturais e nas principais salas dedicadas ao cinema de autor em Itália. Milão, Nápoles, Florença, Bari, Palermo e Trieste serão algumas das cidades de acolhimento desta mostra.

A mostra LUSO responde ao interesse que o público italiano tem demonstrado pela produção cinematográfica nacional, estimulado pelo sucesso de muitas obras portuguesas nos principais festivais de cinema mundiais, como o Festivais de Cinema de Veneza, Locarno ou Berlim. 

Esta iniciativa nasce de uma colaboração direta entre os produtores e distribuidores do cinema português e a dinâmica rede de exibição cinematográfica não convencional que cobre todo o território italiano.

Atualização em 14 outubro 2021

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.