2 novembro 2018

Gulbenkian estreia-se na Web Summit

A tecnologia ao serviço das pessoas. É com este espírito que a Fundação Gulbenkian leva quatro projetos à Web Summit.

Da gravidez às doenças degenerativas, passando por uma alimentação saudável e personalizada e o acesso das crianças e jovens ao mundo da computação – são quatro os projetos que, nascidos na última edição da Hack for Good, a maratona digital promovida pela Fundação Gulbenkian, estão agora a caminho da Web Summit.

O projeto New Hubert, desenvolvido por uma equipa de seis engenheiros (de Biomédicas e Infomrática), foi buscar o seu nome a James Parkinson (o primeiro a trabalhar e a dar nome à doença), que tinha como pseudónimo Old Hubert. Trata-se de um add-on para smartphone que permite, em 15 segundos, medir a variação da dinâmica pupilar e detectar doenças neurodegenerativas. Para já, a app está a ser programada para detetar apenas a doença de Parkinson, mas a prazo há de conseguir identificar outras doenças degenerativas, como o Alzheimer e a Esclerose Múltipla.

Além deste, a Fundação Calouste Gulbenkian leva à Web Summit outros três projetos de inovação social, nascidos na maratona digital Hack For Good, e onde a tecnologia é colocada ao serviço das pessoas: Mynutriscan, LITMaker e Aurora.

A Mynutriscan é uma app que pretende ajudar pessoas com doenças crónicas, alergias ou intolerâncias alimentares a adaptarem os alimentos que encontram nas prateleiras de um supermercado à sua dieta pessoal.

A LITMaker pretende promover a educação tecnológica de crianças e jovens (dos 8 aos 14 anos) através de um kit “faça você mesmo” capaz de aliar criatividade e pensamento lógico, promover o sentido de causa-consequência e a curiosidade pelas ciências da computação.

Finalmente, Aurora é uma conselheira automática para pais, sempre disponível para ajudar potenciais ou jovens pais a enfrentarem as dúvidas e as angústias da gravidez e da primeira infância, com conselhos sobre o sono ou a alimentação do bebé. 

Os quatro projetos promovidos pela Fundação Calouste Gulbenkian estarão, de 6 a 8 novembro, no stand 231 do Pavilhão 2 da Web Summit (Altice Arena e FIL, em Lisboa). O Pavilhão 2, a que foi dado o nome “Forum”, reúne líderes mundiais, visionários de tecnologia, formuladores de políticas e académicos para discutir como a tecnologia está a transformar a maneira como vivemos, aprendemos e trabalhamos.