11 Fevereiro 2019 Parcerias para o Desenvolvimento

Apoio à Matemática nos PALOP

Reforçar uma educação de qualidade em Matemática é um dos objetivos da Fundação Gulbenkian para os próximos cinco anos, com iniciativas diferenciadas nos vários países de língua oficial portuguesa.

Telma Silva (Cabo Verde University Professor) Eline Pinto, Edson Moreno (Math and Engineer students ) and António Salgueiro (Coimbra University Professor)
Telma Silva (Professora da Universidade de Cabo Verde) Eline Pinto e Edson Moreno (alunos de Matemática e Engenharia Eletrotécnica) e António Salgueiro (Professor da Universidade de Coimbra)

Esta nova área de apoio quer incentivar os jovens talentosos a atingir o seu potencial, melhorar a formação pós-graduada e a investigação em Matemática, mas também melhorar a articulação desta disciplina com o mercado de trabalho.

Em Cabo Verde, a Fundação promove o concurso Vocações para a Matemática, inspirado no programa já testado pela Fundação em Portugal – Novos Talentos em Matemática. Este concurso vai distinguir universitários que mostrem mérito académico, estimulando-lhes o gosto, a capacidade e a vocação de pensar e investigar em Matemática e proporcionando a cada bolseiro a possibilidade de trabalhar durante 10 meses com um investigador sénior. Os dois primeiros “talentos” já foram selecionados e estão a trabalhar com tutores. Este projeto conta com a parceria da Sociedade Portuguesa da Matemática.

Na Guiné-Bissau e em São Tomé e Príncipe, a Fundação vai desenvolver campos não residenciais de 10 dias de atividades educativas que estimulem o gosto pela Matemática em estudantes do ensino secundário e promovam a autoaprendizagem e o desenvolvimento individual de capacidades matemáticas assentes em conteúdos digitais. Nestes Campos da Matemática, também em parceria com a Sociedade Portuguesa de Matemática, serão envolvidos professores locais, criando um grupo de estudo nesta disciplina.

Em Angola, Cabo Verde e Moçambique, a Fundação vai apoiar as primeiras edições de mestrados em Matemática e Aplicações. Trata-se de uma parceria com as Universidades de Coimbra, Aveiro e Porto que vai arrancar em finais de maio.

Para docentes e investigadores dos PALOP, a Fundação vai abrir concursos anuais para a realização de estágios científicos avançados de curta duração (cerca de três meses) nas diversas áreas da Matemática, em universidades e centros de investigação portugueses. O objetivo é estabelecer novas parcerias e desenvolver novos estudos, bem como a aplicação à indústria.

Como resposta às necessidades do mercado laboral, o projeto prevê ainda o apoio à criação e implementação de cursos avançados não conferentes de grau, em parceria com empresas e universidades internacionais, em áreas específicas e de rápida progressão tecnológica.

Atualização em 11 Fevereiro 2019