24 Setembro 2019

António Lobo Antunes: 40 Anos de Vida Literária

apenas me preocupa atingir o coração do coração e iluminar tudo

António Lobo Antunes

Há quarenta anos, em 1979, António Lobo Antunes publicava os seus dois primeiros romances: Memória de Elefante e Os Cus de Judas, ambos protagonizados por um médico e contados na primeira pessoa. No dia 28 de setembro, na Fundação Calouste Gulbenkian, numa colaboração com as Publicações Dom Quixote/Leya, assinala-se esta data com um colóquio para recordar duas das obras mais memoráveis do autor.

Sobre a vida e obra de António Lobo Antunes, ao longo de praticamente todo o dia, poderão ser ouvidas intervenções de Bernard-Henri Lévy, Dinu Flamand, Mircea Martin, Dominique Nédellec, Vicenzo Russo, Knut Cordsen, Daniel Sampaio, Nuno Lobo Antunes, Ana Paula Arnaut, Norberto do Vale Cardoso, Sérgio Guimarães de Sousa, Maria Alzira Seixo e Guilherme d’Oliveira Martins.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, estará presente na sessão de abertura, juntamente com a presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Isabel Mota.

A fechar o encontro, pelas 18:00, serão ouvidos excertos de Os Cus de Judas pela voz do autor.

A sessão terá lugar no Auditório 2, com entrada livre.

No Hall do Secretariado da Zona de Congressos estará patente uma instalação alusiva às duas obras.

Ver Programa Atualização em 24 Setembro 2019