Fernão Cruz. Morder o Pó

Visita orientada presencial para grupos particulares e agências de viagens

Desde a sua criação, a Fundação Calouste Gulbenkian tem apoiado o trabalho de artistas jovens e emergentes na cena artística nacional, dando espaço e visibilidade à sua expressão criativa. Fernão Cruz. Morder o Pó é o título da exposição individual de Fernão Cruz (Lisboa, 1995), cujo percurso se tem vindo a consolidar nos últimos anos. A exposição resulta de um convite feito diretamente ao artista e corresponde a um projeto pensado de raiz para a Fundação Gulbenkian. Serão mostradas 30 obras inéditas: 10 telas pintadas a óleo e a resina alquídica e 20 esculturas, quase todas em bronze, instaladas em dois espaços sucessivos, mas distintos, separados por um corredor escuro, que o visitante é convidado a percorrer depois de passar uma porta- pintura entreaberta.
Sobre a sua prática artística, Fernão Cruz revela que há um apagar recorrente do que pinta e que o trabalho «tem de ser capaz da sua possível autodestruição». Embora este projeto reflita sobre a morte, a perda, a queda, o artista explica-nos que «Morder o Pó é também uma ode à vida que disfarça o medo. Uma tentativa de aceitação».

Conceção e orientação
Leonor Nazaré (curadora da exposição)


Nota: As lotações serão ajustadas em função da evolução epidemiológica e de acordo com as diretrizes da Direção-Geral da Saúde. Conheça em detalhe todas as condições de acesso. Esta visita destina-se somente a grupos particulares e agências de viagens, tem o custo de 100€/grupo para uma visita em português e 120€/grupo para outros idiomas.

Requer marcação

Entre em contacto connosco para que possamos organizar uma sessão que se adapte às suas necessidades.

Pedido de marcação

Sobre a atividade :

Duração: 90 min

Mínimo de participantes: 5

Máximo de participantes: 15

Idioma: Português, inglês, francês

Preço: 100,00 € (Por grupo)

Onde :

Ponto de encontro: Museu Calouste Gulbenkian — Galeria de Exposições Temporárias

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade :

Época:

Tipo:

Equipa educacional:

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.