Instalação sonora no Jardim Gulbenkian

Uma pessoa está sentada no jardim à espera que a natureza lhe dirija a palavra

Slider de Eventos

Data

22 – 23 out 2022
29 – 30 out 2022

Local

Jardim Gulbenkian

Segundo Aristóteles, «todos os homens, por natureza, desejam saber». Pretende-se construir um percurso pelo Jardim Gulbenkian, através de um conjunto de micro contos, cujos temas são a relação do homem com a sua própria natureza, como também, o conceito de cidade criada por si.  Os textos díspares, mas com um título comum − Uma pessoa está sentada no jardim à espera que a natureza lhe dirija a palavra − serão narrados pela atriz Rita Loureiro de modo a envolver os visitantes, levando-os a refletir sobre possíveis respostas que podem encontrar na (sua) própria natureza. Transportando a máxima aristotélica para a contemporaneidade − e mantendo-a como mote para o percurso no jardim − «Todas as pessoas, por natureza, desejam saber.»

Curadoria: Jardins Abertos
Textos originais: Cláudia Lucas Chéu
Narração: Rita Loureiro


INFO ADICIONAIS

  • Esta instalação estará disponível em vários locais do Jardim;
  • Na receção do Edifício Sede da Fundação será disponibilizado o mapa da instalação sonora;
  • Uma coprodução de Festival Jardins Abertos e Fundação Calouste Gulbenkian.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.