16 Outubro 2019 Cultura

O Fascínio das Histórias

Vivemos rodeados de histórias. As histórias fazem parte do que somos e o que somos é também uma história.

Ao longo do dia 26, a Fundação Gulbenkian enche-se de histórias – histórias do cinema, da física, da filosofia e dos livros, de História e ficção, verdade e mentira, videoclips e videojogos. Vários espaços da Fundação Gulbenkian enchem-se de conversas, debates, leituras e cinema, transformando-se em Salas das Ideias, da Literatura, dos Filmes, dos Lugares Imaginários e das Viagens do Tempo, das biografias, do jornalismo e da História, das séries, dos novos media e das narrativas futuras.

A partir do meio-dia, o grande Auditório da Fundação Gulbenkian transforma-se numa sala de cinema onde pela tarde e noite dentro poderá ver, entre outros, o último episódio da Guerra dos Tronos, a série mais premiada de sempre, ou o primeiro episódio da série Years and Years, da HBO. Noutra sala, terá oportunidade de ouvir o pediatra Mário Cordeiro falar de como as histórias que nos contam na infância, para adormecermos, são ao mesmo tempo as histórias que nos acordam para o mundo. O escritor argentino Alberto Manguel estará em Lisboa a tentar decifrar onde se encaixa a biblioteca contemporânea e se os livros e a literatura conseguirão sobreviver num mundo hipertecnológico. Já Pedro Mexia, António Castro Caeiro e João Magueijo falarão do Tempo no cinema, na Filosofia e na Física. Muitos outros convidados passarão pela Gulbenkian, nesse dia, para questionar, recordar, lançar pontes para histórias futuras e partilhar o fascínio que, à sua maneira, cada um tem com as histórias.

Dia 26, a Gulbenkian convida a juntar-se a O Fascínio das Histórias, uma iniciativa comissariada por Nuno Artur Silva. A entrada é gratuita.

Ver evento Atualização em 16 Outubro 2019