Desafio Protocolo do Capital Natural – Transtejo

A Transtejo usou o protocolo do Capital Natural para avaliar o impacto negativo das emissões atmosféricas da empresa, seguindo as orientações e pressupostos (Policy brief), produzidas no contexto do projeto, e demonstrando assim as vantagens de integrar o capital natural na tomada de decisão em meio empresarial, ao realçar a sua utilização como uma ferramenta para fazer face às obrigações legais atuais e futuras, assim como para alcançar importantes benefícios económicos.

Ficha técnica

Outras Responsabilidades:

Autor: Mariana Nunes Páscoa

Coordenação Editorial: Francisca Moura, Catarina Grilo, Filipa Saldanha, Gonçalo Calado, Iniciativa Gulbenkian Oceanos – FCG

Apoio do International Centre for Policy Advocacy ;

Avaliação e revisão técnica: Filipa Saldanha (Fundação Calouste Gulbenkian), Marta Santamaria (Natural Capital Coalition) and Mafalda Evangelista (BCSD Portugal);

Trad.: Mafalda Evangelista

Textos:
Filipa Saldanha
Edição:
1ª ed.
Idioma:
Português
Coordenação editorial:
Fundação Calouste Gulbenkian
Editado:
Lisboa, 2017
Páginas:
20

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.