Formas de dizer

Performance / dança

Há uma tensão que se instala entre a escultura de poses humanas e a dança. A primeira parece transcender as dimensões em que se vê fisicamente confinada. Plasma-se em movimentos virtuais, emanando uma agonia latente na sua quietude. Por sua vez, a dança padece de uma condição efémera, como se a impossibilidade de se fixar no tempo lhe vaticinasse uma busca incessante, num eterno balanço entre inação e êxtase. É desta convivência dramática, entre movimento e plasticidade, sempre focada no corpo enquanto veículo de expressão, que parte este exercício dos alunos da Faculdade de Motricidade Humana, no âmbito da exposição Pose e Variações. Escultura em Paris no tempo de Rodin.

Participantes
Alunos do 2.º ano da licenciatura em Dança da Universidade de Lisboa — Faculdade de Motricidade Humana
Professores responsáveis
Elisabete Monteiro e Rui Leitão
Regente da disciplina
Margarida Moura

Requer levantamento de bilhete no próprio dia sujeito à lotação. 

© Carla Madeira

Próximas sessões

  • Dom, 16 dezembro 2018
    15:00

    Entrada gratuita

Sobre a atividade:

Duração: 90 minutos

Mínimo de participantes: 10

Máximo de participantes: 40

Língua: Português

Onde:

Ponto de encontro: Galeria Principal - Edifício Sede

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Tipo:

Equipa educacional: