As Flores do Imperador. Do Bolbo ao Tapete

À conversa com as curadoras

A presente exposição teve como mote dois tapetes produzidos na Índia Mogol, no século XVII, e adquiridos por Calouste Gulbenkian. A decoração dos respetivos tapetes inspira-se em ilustrações de álbuns botânicos europeus levados até ao Oriente em missões diplomáticas, religiosas e comerciais. Nesta conversa, ficaremos a saber como os tapetes nos conduzem aos álbuns botânicos, e como estes remetem para as plantas representadas, que por sua vez estão diretamente relacionadas com o comércio de sementes e com a climatização de espécimes exóticos em jardins botânicos… Viagens que no século XVII se faziam à escala global entre Oriente e Ocidente, e que ficaram testemunhadas em tapetes e também em pinturas, esculturas, gravuras…

Com as curadoras
Clara Serra, Teresa Nobre de Carvalho

Requer levantamento de bilhete no próprio dia. 

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 1 hora

Mínimo de participantes: 10

Máximo de participantes: 25

Língua: Português

Onde:

Ponto de encontro: Coleção do Fundador - Galeria Piso Inferior

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Ciclo:

Tipo:

Equipa educacional: