Óptica e Biologia Celular

Ricardo Henriques

O laborátorio de Óptica e Biologia Celular, criado no Instituto Gulbenkian de Ciência em setembro de 2020, tem como objetivo expandir as fronteiras da microscopia ótica, focando-se no desenvolvimento de novas tecnologias para abordar questões da biologia celular e biofísica, na saúde e na doença.

Os investigadores do laboratório são reconhecidos pela suas contribuições de livre acesso para a comunidade de microscopia óptica, bem como pelo trabalho translacional com a indústria. Por exemplo, desenvolveram a nova abordagem SRRF de super resolução que se baseia nos mais recentes microscópios de super resolução de disco giratório da Andor Technology. Atuando na área da biologia celular, o grupo de investigação aborda  uma vasta gama de questões colaborando com outros laboratórios, em campos como a virologia, a interação hospedeiro-patógeno, a imunologia, a sinalização celular e a evolução. Fazem-no desenvolvendo novos tipos de sondas fluorescentes, métodos cell-friendly, de alta velocidade e super resolução, bem como abordagens de modelação computacional, que embora sejam desenhadas para responder a questões de interesse do laboratório, têm inúmeras aplicações em biologia.

 

Consultar últimas publicações

Financiamento

       


Publicações

  • von Chamier, L., Laine, R.F., Jukkala, J., Spahn, C., Krentzel, D. Nehme, E., Lerche, M., Hernández-Pérez, S., K. Mattila, P., Karinou, E., Holden, S., Can Solak, A., Krull, A., Buchholz, T., L. Jones, M., A. Royer, L., Leterrier,C., Shechtman, Y., Jug, F., Heilemann, M., Jacquemet, G. & Henriques, R. (2021) Democratising deep learning for microscopy with ZeroCostDL4Mic. Nature Communications 12:2276