Centro Colaborativo Gulbenkian

O Centro Colaborativo Gulbenkian tem como objetivo promover o desenvolvimento das ciências da vida, potenciando a investigação interdisciplinar e colaborativa

 

Criado em 2020 com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras, o Centro Colaborativo Gulbenkian tem como missão estabelecer o IGC e a região de Oeiras como um pólo de Ciência e Inovação de relevo internacional.

O Centro Colaborativo Gulbenkian, o primeiro do género na Europa, tem como objetivo promover o desenvolvimento das ciências da vida, potenciando a investigação interdisciplinar e colaborativa. Mais especificamente, o Centro irá:

  • oferecer oportunidades para encontros improváveis que impulsionem a formulação de novas questões, hipóteses e modelos experimentais
  • proporcionar as infraestruturas e o ambiente colaborativo necessários para testar ideias, projetos ou produtos inovadores
  • formar cientistas e membros do público em ciência colaborativa e interdisciplinar

Desta forma, o Centro irá promover atividades em três pilares fundamentais: Internacionalização, Inovação e Participação.

 

Internacionalização

Actividades interdisciplinares e colaborativas serão organizadas e acolhidas pelo Centro de forma regular, contribuindo para o desenvolvimento de um hub científico no campus do Instituto Gulbenkian de Ciência. Entre essas atividades encontram-se as seguintes:

  1. O programa “Oeiras International Sabbatical Programme – Cátedras de Oeiras” que irá trazer cientistas de renome internacional para efetuar a sua investigação no IGC, uma iniciativa que tem como objetivo promover a investigação colaborativa e abordagens multidisciplinares para resolver problemas científicos, através da permanência temporária de investigadores de topo que desejem desenvolver as suas atividades científicas no contexto do ambiente extremamente colaborativo do IGC;
  2. A organização de conferências e cursos científicos internacionais que facilitará a discussão de temas interdisciplinares e a divulgação de tecnologia de ponta;
  3. Os retiros científicos colaborativos, que permitirão que cientistas de diferentes origens de todo o mundo se reúnam para trabalhar numa questão científica.

 

Inovação

O Centro Colaborativo proporcionará um espaço cocriação & desenvolvimento de última geração para que a academia e a indústria trabalhem colaborativamente em projetos pré-competitivos e competitivos de desafios científicos de interesse mútuo. Esta iniciativa será feita em estreita colaboração com a recém-criada Unidade de Inovação, uma colaboração conjunta entre o IGC, ITQB NOVA e Câmara Municipal de Oeiras. Esta Unidade encontra-se a implementar as melhores práticas e a criar um portfólio de projetos de pesquisa translacional com o apoio interno do Proof of Concept Fund, cuja primeira convocatória será aberta em 2020.

 

Participação (Ciência e Sociedade)

O Centro continuará a desenvolver iniciativas que visam levar a ciência colaborativa à sociedade e que contribuam para diminuir a desigualdade no acesso ao conhecimento científico. O Centro irá:

  1. Providenciar treino científico prático e pedagógico acessível às escolas para promover o pensamento crítico, independente e criativo (por exemplo: através do projeto Lab in a Box).
  2. Fornecer laboratórios portáteis, personalizados e de fácil manutenção para experiências de biologia molecular e para trabalho de campo temporário (por exemplo: através do projeto Lab in a Suitcase).
  3. Proporcionar oportunidades de networking, treino e colaboração para cientistas africanos.
  4. Acolher iniciativas científicas cidadãs, promovendo assim o trabalho colaborativo entre cientistas e o público.