7 Julho 2020

Investigadores do IGC eleitos membros da EMBO

Caren Norden e Luís Teixeira são os investigadores do IGC eleitos em 2020 para a EMBO – Organização Europeia de Biologia Molecular. Aos dois junta-se Mariana Gomes Pinho, do Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade NOVA de Lisboa (ITQB NOVA) e são os três investigadores em Portugal que passam a fazer parte deste seleto grupo.

“Os novos membros contribuíram para o sucesso da investigação nas ciências da vida na Europa e em todo o mundo”, afirma a Diretora da EMBO, Maria Leptin. “Como membros da EMBO, podem ajudar a moldar o futuro através do trabalho da EMBO para apoiar investigadores talentosos, reunir ideias e promover um ambiente internacional de investigação conducente a uma ciência de excelência”.

Hoje, a organização conta com mais de 1800 investigadores de renome, incluindo 88 laureados com o prémio NOBEL. Portugal conta com duas dezenas de investigadores na organização, atingindo agora o número de 23.

Os investigadores são eleitos por pares, em reconhecimento do trabalho que têm desenvolvido em áreas como a biologia celular, imunologia e medicina molecular, entre outros. Em 2020, foram eleitos 63 investigadores – 52 europeus e 11 de países terceiros. Para além dos investigadores agora eleitos, o IGC soma mais seis e o ITQB NOVA mais três.

Os três investigadores portugueses eleitos este ano estão sediados em Oeiras, um município que tem desenvolvido uma Estratégia de Ciência e Tecnologia que se pauta pela parceria com as instituições de investigação sediadas no concelho. Esta eleição reconhece também a importância da investigação fundamental nas ciências da vida e a importância de recrutar e apoiar os melhores investigadores em Portugal.

“Desde cedo que a EMBO é uma parte importante na promoção da minha carreira de investigadora: fui premiada com uma bolsa em 2006 e beneficiei muito com esse apoio. Fiquei muito honrada quando, em 2015, me tornei uma EMBO Young Investigator. Fazer parte desta rede foi inestimável para mim e agora tornar-me membro da EMBO, é um privilégio e estou muito grata. É uma rede fantástica que me permitirá levar a ciência para novas direções no futuro.” Caren Norden

“A EMBO é uma das principais sociedades científicas europeias e tem um papel importante no financiamento e promoção da investigação em Ciências da Vida. Ao tornar-me membro da EMBO, poderei contribuir e ajudar a definir a política científica a nível europeu.” Luís Teixeira

Ver comunicado

 

Comunicado EMBO