Um Olhar sobre as Reservas. Tapetes Orientais

Iniciativa «Um Olhar sobre as Reservas»

Exposição integrada nas iniciativas de homenagem a Calouste Sarkis Gulbenkian (1869-1955), no 30.º aniversário da sua morte, evocando o seu património artístico e mostrando ao público obras habitualmente mantidas nas Reservas do Museu Gulbenkian. A exposição, dividida em dois momentos, dedicou o primeiro ao núcleo da tapeçaria oriental.
Exhibition incorporated into the events commemorating Calouste Sarkis Gulbenkian (1869-1955) on the 30th anniversary of his death, evoking his artistic heritage and presenting the public with artworks usually stored in the Gulbenkian Museums archives. The first stage of the exhibition, which was arranged in two parts, was dedicated to the Oriental Tapestry section.

Exposição integrada nas iniciativas de homenagem a Calouste Sarkis Gulbenkian (1869-1955), no 30.º aniversário da sua morte, em 20 de julho de 1985, evocando o seu património artístico e mostrando ao público obras habitualmente mantidas nas Reservas do Museu.

«Tapetes Orientais», constituiu um dos núcleos da exposição «Um Olhar sobre as Reservas», de que também fez parte o núcleo «Desenho, Gravura, Estampas e Arte do Livro». Inauguradas em 1985, ambas as mostras tiveram vida autónoma, contando com publicações próprias.

A exposição «Tapetes Orientais» esteve patente ao público até julho de 1986, expondo 26 dos melhores tapetes da Coleção Gulbenkian na Galeria de Exposições Temporárias da Sede (piso 0). O roteiro da exposição, as plantas e o material fotográfico disponível permitem verificar que as peças ocuparam o espaço expositivo segundo três disposições: em suspenso, na horizontal (em estrados) e na vertical (em painéis).

As duas mostras dedicadas às Reservas do Museu registaram um total de 54 301 visitas durante os cerca de doze meses em que permaneceram na Galeria de Exposições Temporárias da Fundação Calouste Gulbenkian.

Foi ponderada a publicação de um álbum de luxo, composto pela reprodução fotográfica dos vinte melhores tapetes da Coleção e por um texto de Calouste Gulbenkian sobre tapetes orientais, incluído num dos capítulos da sua obra La Transcaucasie et la Péninsule d’Apchéron: Souvenirs de Voyage (1891). O projeto não seria concretizado.

A documentação de arquivo reúne alguns artigos veiculados pela imprensa escrita nacional, nomeadamente no jornal Expresso: «Título feliz para uma exposição assaz feliz, porquanto um apurado saber museológico proporciona estimulantes percursos de leitura entre peças de natureza diversa e de tempos e geografias culturais distantes. A errância e o desarrazoado das modulações ondulantes da linha curva pode ser o diversificado e fascinante itinerário que aqui se oferece, entre tapetes orientais dos séculos XVII a XIX, iluminuras europeias e árabes de Quatrocentos, diademas, pendentes, peitorais e pentes art nouveau de Lalique, estampas japonesas de XVII a XIX, ilustrações de livros de XIX a XX.» («Um olhar sobre as reservas. Fundação Gulbenkian», Expresso, 10 ago. 1986)

Esta exposição foi remontada no Palácio Nacional de Mafra em 1988, onde inaugurou no dia 13 de julho, acompanhada da publicação de um roteiro com a reprodução a preto-e-branco de todas as obras (as 26 anteriormente expostas na Fundação Calouste Gulbenkian). Contudo, em Mafra, por razões que se prenderam com a gestão de espaço ficaram de fora quatro dos tapetes que haviam integrado a anterior seleção, os quais foram devidamente identificados numa nota do catálogo.

Carolina Gouveia Matias, 2017

This exhibition was included in the homage initiatives devoted to Calouste Sarkis Gulbenkian - the Founder of Calouste Gulbenkian Foundation (FCG) –, on the 30th anniversary of his death, on July 20, 1985, evoking his artistic heritage and presenting the public works that are usually kept in the museum's reserves. This initiative unfolded into a two part exhibition, which brought together two nucleus of works of the museum's collection, this being the second one. The first part featured drawings, engravings, prints and books, whereas this one was dedicated to Oriental tapestry, featuring oriental carpets.

The exhibition was opened until July of 1986, displaying 26 of the best carpets of the Calouste Gulbenkian Museum (MCG) collection, at the FCG. Main Building Temporary Exhibitions Gallery (Ground Floor).

Through the analysis of both the exhibition’s itinerary, as well as the layouts and the photographic material, it was possible to verify that the artworks were shown in three different ways:  some carpets were suspended, others stood horizontally on plinths and others on vertical panels.

Altogether, these exhibitions of two parts of the MCG’ reserves, registered a total of 54,301 visitors during the 12 month display at the FCG’s Main Gallery Temporary Exhibitions Gallery.

A “luxury album” publication was also considered, reproducing the twenty best carpets of the collection, paired with the text «Tapeçaria Oriental» included in the book Transcaucásia by Calouste Sarkis Gulbenkian himself.

The exhibition layout was referred by the Expresso newspaper as: “A fortunate title for a very fortunate exhibition, since this accurate museum knowledge provides stimulating reading paths between pieces of diverse nature and distant cultural times and geographies. The wandering and disarray of the undulating modulations of the curved line are part of the diversified and fascinating itinerary offered here, between oriental rugs from the 17th to the 19th centuries, European and Arab illuminations from the Quattrocento and Lalique art nouveau’s diadems, pendants, pectorals and combs, Japanese prints from the 17th to the 19th century, and book illustrations from the 19th to the 20th century” (“Um Olhar sobre as Reservas Fundação Gulbenkian”, Expresso, 10th Aug 1986).

In 1988, this exhibition was presented at the Palácio Nacional de Mafra (National Palace of Mafra), opening on July 13. A guide was published on the occasion, featuring all the works (the 26 previously exhibited at the FCG) in black and white reproductions. In Mafra, due to space structure, four carpets included in the previous selection were excluded, although they are duly identified in a catalogue note.


Ficha Técnica


Coleção Gulbenkian

Tapete de oração

amal medâdj.n

Tapete de oração, Inv. T92

Desconhecido

Séc. XVII / Inv. T102

Desconhecido

Séc. XVIII / Inv. T42

Desconhecido

Inv. T43

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T13

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T39

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T106

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T112

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T104

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T110

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T76

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T52

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T101

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T109

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T44

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T67

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T60

Tapete

Desconhecido

Tapete, Séc. XVII / Inv. T63

Tapete

Desconhecido

Tapete, Inv. T69

Tapete "kouba"

Desconhecido

Tapete "kouba", Séc. XVIII (?) / Inv. T81

Tapete com ciprestes

Desconhecido

Tapete com ciprestes, Séc. XVII / Inv. T68

Tapete com enrolamento de gavinhas

Desconhecido

Tapete com enrolamento de gavinhas, Séc. XVII / Inv. T65

Tapete de oração

Desconhecido

Tapete de oração, Inv. T111

Tapete múltiplo de oração "saff"

Desconhecido

Tapete múltiplo de oração "saff", Inv. T59

Tapete "kumkapi"

Hagop Kapoudjian

Tapete "kumkapi", Inv. T77

Tapete "Kumkapi"

Hagop Kapoudjian

Tapete "Kumkapi", Inv. T98


Eventos Paralelos

Visita(s) guiada(s)

[Um olhar sobre As Reservas. Tapetes Orientes]

27 nov 1985 – fev 1986
Fundação Calouste Gulbenkian / Edifício Sede – Galeria de Exposições Temporárias (piso 0)
Lisboa, Portugal

Publicações


Material Gráfico


Fotografias

Presidente da República Portuguesa, António Ramalho Eanes, José de Azeredo Perdigão e Maria Fernanda Passos Leite (à frente)
Roberto Gulbenkian (à esq.) e António Ramalho Eanes (ao centro)
José Sommer Ribeiro (à esq.), António Ramalho Eanes, José de Azeredo Perdigão (ao centro) e Roberto Gulbenkian (à dir.)
António Ramalho Eanes (à esq.), José de Azeredo Perdigão (ao centro) e Roberto Gulbenkian (à dir.)
António Ramalho Eanes (ao centro), José de Azeredo Perdigão (à dir.) e José Sommer Ribeiro (atrás)
Roberto Gulbenkian (à esq.), Maria Fernanda Passos Leite, António Ramalho Eanes e José de Azeredo Perdigão (ao centro), José Sommer Ribeiro (à dir.)
José Sommer Ribeiro, José de Azeredo Perdigão e António Ramalho Eanes (da esq. para a dir.)
António Ramalho Eanes e José de Azeredo Perdigão
José de Azeredo Perdigão (atrás, à esq.), António Ramalho Eanes e Roberto Gulbenkian (atrás, à dir.)
António Ramalho Eanes (ao centro)

Documentação


Periódicos


Fontes Arquivísticas

Arquivos Gulbenkian (Museu Calouste Gulbenkian), Lisboa / MCG 02994

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém recortes de imprensa, plantas da exposição (núcleo de «Tapetes Orientais»), material para a o catálogo «Tapetes Orientais» (incluindo reproduções a preto-e-branco das obras). 1985 – 1986

Arquivos Gulbenkian (Museu Calouste Gulbenkian), Lisboa / MCG 03242

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém um convite, orçamentos, correspondência interna e externa e contagem dos visitantes. 1985 – 1985

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM 00320

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém correspondência interna e externa, orçamentos, material para o catálogo do núcleo de «Tapetes Orientais» e para o guião do núcleo de (desenho, gravura, estampas e arte do livro) e recortes de imprensa. 1985 – 1985

Biblioteca de Arte Gulbenkian, Lisboa / Dossiê BA/FCG

Coleção de dossiês com recortes de imprensa de eventos realizados nas décadas de 80 e 90 do século XX, organizados de forma temática e cronológica. 1984 – 1997

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Comunicação), Lisboa / COM-S001/011/04-D00909

23 provas, p.b., cor: inauguração (FCG, Lisboa) 1985

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM-S007-P0181-D00534

3 provas, cor: inauguração (FCG, Lisboa) 1985

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM-S007-P0181-D00535

14 provas, cor: inauguração (FCG, Lisboa) 1985

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM-S007-P0181-D00536

23 provas, p.b.: inauguração (FCG, Lisboa) 1985


Exposições Relacionadas

Botelho

Botelho

1989 / Sede Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Definição de Cookies

Definição de Cookies

Este website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. Podendo também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.