Covid-19: combinação de vacinas com efeitos positivos na resposta imunitária

Segundo dados da análise dos níveis de anticorpos, das 1905 pessoas vacinadas e acompanhadas no estudo realizado pelo Instituto Gulbankian de Ciência, as que receberam vacinação combinada, com a primeira dose de Oxford/AstraZeneca e segunda dose da Pfizer/BioNTech, gerou maior quantidade de anticorpos comparativamente às duas doses da vacina da Oxford/AstraZeneca. Os dados revelaram, ainda, que os níveis de anticorpos, após as duas doses da vacina Pfizer/BioNTech, foram superiores aos gerados com outros esquemas vacinais.

Veja o que saíu na imprensa sobre este estudo:

in Expresso

in RTP

Atualização em 27 dezembro 2021