Escola de Verão – Alunos de Doutoramento

A Escola de Verão é dirigida a alunos de doutoramento interessados em simbioses entre hospedeiro-microorganismo, com o objetivo de aprofundar conhecimentos na área a partir de diversas perspectivas e da interação com peritos na área.

Incluem-se investigadores que usam diferentes modelos de sistemas e níveis de análise desde a biologia molecular, à ecologia e evolução. A Escola de verão focar-se-á em compreender as simbioses do ponto de vista funcional, focando-se também nas interações metabólicas. Os estudantes irão adquirir conhecimento crítico para a escolha da sua futura linha de investigação.

Os animais e as plantas interagem com elevados números de microrganismos. Estes simbiontes influenciam grandemente muitos aspetos diferentes do desenvolvimento, fisiologia e evolução do hospedeiro. Esta área de investigação está ativamente em expansão na biologia e na medicina, pelo que se torna necessário concentrar e integrar o conhecimento que está constantemente a ser gerado, de modo a permitir extrapolar princípios gerais e determinar quais as linhas de investigação mais relevantes no futuro.

A Escola de verão terá a duração de duas semanas, contando com 19 oradores e 35 estudantes de doutoramento. Estas condições promovem uma contínua e forte interação entre faculdade e estudantes. O programa inclui palestras e a escrita dum curto projeto de investigação. Este exercício promove uma reflexão profunda sobre as questões e futuras direções que a área de investigação poderá seguir.

O curso é organizado pelo Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), Portugal, e co-organizado pelo Metaorganisms Collaborative Research Center em Kiel, na Alemanha, e pelo Biology at the Host Microbe Interface PhD Programme, Portugal. Estas instituições têm uma longa experiência em estudos pós-graduados e em investigação em simbioses hospedeiro-microorganismo, estando, por isso, especialmente habilitadas para a organização duma inovadora e distinta Escola de verão.

 

Principais temas do curso

A área de estudo das simbioses hospedeiro-microorganismo está claramente a seguir uma linha de relação causal entre essas interações. Isto tornou-se possível através duma estratégia multidisciplinar e de integração de diferentes áreas de investigação. Ao manipular a composição microbiota, a importância de bactérias específicas ou o equilíbrio entre diferentes bactérias foi possível de determinar em muitas instâncias. Aliás, estas interações começam a ser compreendidas ao nível funcional molecular.

Neste curso, será dado ênfase a recentes avanços no conhecimento funcional de simbioses. Com particular foco na percepção química, na metabolómica do hospedeiro e dos seus simbioses e na elevada resolução espacial necessária para monitorizar essas interações hospedeiro-microorganismo. Os participantes terão contacto com líderes na área de investigação, com diferentes níveis de especialização e experiência em estudos de simbioses, de vários pontos de vista.

O curso consistirá em palestras gerais, seminários científicos e na organização de grupos de trabalho. As palestras irão abranger temas específicos da maior relevância na área, dando uma perspectiva ampla desta área de investigação. Os oradores também apresentarão a sua própria investigação nos respetivos temas, permitindo aos estudantes perceber como alguns problemas específicos estão a ser abordados atualmente. Finalmente, os estudantes irão elaborar uma proposta de projeto de investigação durante as duas semanas, identificar importantes questões sobre a área e propor um projeto para abordar essas questões. O trabalho será baseado na literatura científica e em discussões diárias com os oradores.

 

Audiência

A Escola de verão é dirigida a alunos do 2º ano ou últimos anos de doutoramento, com um máximo de 35 participantes.

 

Oradores confirmados 

  • Martin Blaser (Rutgers University, New Brunswick, EUA)
  • Amanda Birmingham (University of California San Diego, EUA)
  • Melanie Blokesch (École Polytechnique Fédérale de Lausanne, Suiça)
  • Thomas Bosch (Kiel University and Metaorganisms CRC, Alemanha)
  • Jocelyne Demengeot (Instituto Gulbenkian de Ciência, Portugal)
  • Maria Gloria Dominguez-Bello (Rutgers University, New Brunswick, EUA)
  • Joël Doré (Micalis Institute, INRA, França)
  • Isabel Gordo (Instituto Gulbenkian de Ciência, Portugal)
  • Adriano Henriques (Instituto de Tecnologia Química e Biológica, Universidade Nova, Portugal)
  • Jonathan Howard (Instituto Gulbenkian de Ciência, Portugal)
  • Rob Knight (University of California San Diego, EUA)
  • Margaret McFall-Ngai (Pacific Biosciences Research Center, University of Hawaii, EUA)
  • Anders Meibom (École Polytechnique Fédérale de Lausanne, Suiça)
  • Ned Ruby (Pacific Biosciences Research Center, University of Hawaii, EUA)
  • Hinrich Schulenburg (Kiel University and Metaorganisms CRC, Alemanha)
  • Paul Schulze-Lefert (Max Planck Institute for Plant Breeding Research, Alemanha)
  • Miguel Soares (Instituto Gulbenkian de Ciência, Portugal)
  • Luis Teixeira (Instituto Gulbenkian de Ciência, Portugal)
  • Karina Xavier (Instituto Gulbenkian de Ciência, Portugal)

 

Candidaturas

As candidaturas estão agora encerradas.

Documentos de candidatura – Os candidatos devem submeter uma carta (1 página) explicando a sua intenção de participar no curso, CV (máx. 2 páginas), uma carta de recomendação do orientador de doutoramento (1 página) e o formulário de inscrição.

Estamos interessados em admitir alunos talentosos de diversas origens.

Os candidatos aceites terão de efectuar o pagamento duma taxa de inscrição de 700 Euros. A inscrição inclui alojamento e refeições. 

Após a seleção dos candidatos, estará disponível um número certo de bolsas para alunos que não tenham possibilidade de suportar o custo da taxa de inscrição.

 

 

Organizadores:

Martin Blaser
(Rutgers University, USA)
Resident microbes and the ecology of human diseases

Thomas Bosch
(Kiel University, Germany)
Evolution and the ecology of development

Margaret McFall-Ngai
(University of Hawaii-Manoa, USA)
Invertebrate-microbe symbiotic interactions

Luis Teixeira
(Instituto Gulbenkian de Ciência)
Host-microbe interactions

Karina Xavier
(Instituto Gulbenkian de Ciência, Portugal)
Bacterial Signalling

 

Para mais informações contactar:
[email protected]