Blink. Gravuras da Colecção do CAM

Programa «Art Allgarve»

Exposição coletiva de gravuras pertencentes à coleção do Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão, comissariada por Ana Vasconcelos. Esta mostra é organizada no âmbito do Programa «Art Allgarve» 2009 e reúne uma diversidade de propostas de artistas nacionais e estrangeiros que trabalharam com gravura em diferentes épocas.
Collective exhibition of prints from the Collection of the Modern Art Centre José de Azeredo Perdigão. Curated by Ana Vasconcelos, the show was organised for the Art Allgarve 2009 Programme and featured prints by local and international artists from different eras.

Exposição organizada no âmbito do Programa «Art Allgarve» 2009 (3.ª edição), iniciativa do Ministério da Economia e Inovação e do Turismo de Portugal, criada com o objetivo de dinamizar e promover o sul do país.

Para esta edição foram convidadas a participar várias instituições de arte, que apresentaram exposições das suas coleções, em colaboração com os municípios algarvios selecionados (Lagos, Portimão, Silves, Loulé e Faro).

À Fundação Calouste Gulbenkian foi proposta uma colaboração com a Câmara Municipal de Silves, que se concretizou numa exposição na Casa da Cultura Islâmica e Mediterrânica de Silves, instalada no outrora Matadouro Municipal de Silves, datado de finais de 1914. Com um único piso, o edifício é constituído por uma sucessão de salas de pequena e média dimensão, algumas das quais integrando elementos arquitetónicos e decorativos de influência árabe.

Pensada para aquele local, esta exposição centrou-se na coleção de gravura do Centro de Arte Moderna e procurou apresentar uma seleção de trabalhos representativa do «destaque dado pela Fundação Calouste Gulbenkian ao conhecimento e à prática da gravura na segunda metade do século XX» (Blink. Gravuras da Colecção do CAM, 2009). A solução encontrada por Ana Vasconcelos, curadora da exposição, assentou na reunião de uma grande diversidade de propostas, no que diz respeito às técnicas exploradas e às linguagens desenvolvidas. À produção nacional juntaram-se trabalhos de artistas estrangeiros, gravadores, pintores e escultores, que em diferentes épocas trabalharam a gravura.

A obra mais antiga selecionada para a exposição foi a litografia Zwei Knaben und vier Mädchen am Ufer, do expressionista alemão Otto Mueller, datada de 1916, que partilhava o mesmo espaço da obra mais recente da mostra, uma digigravura (gravura digital) de Richard Hamilton, intitulada Bathroom – fig. 1, produzida em 1997. A elas se juntam xilogravuras de Escher, uma litografia de Matisse, águas-fortes de Henry Moore, Paula Rego e Julião Sarmento, gravuras riscadas em vidro acrílico de Almada, águas-tintas de Bartolomeu Cid dos Santos e ainda uma fotogravura e um calótipo de Hamilton. Este conjungo reflete a variedade de técnicas que se foram desenvolvendo ao longo dos tempos e que em alguns casos são recuperadas e retrabalhadas, como as águas-fortes conjugadas com fotogravuras por Julião Sarmento, ou o calótipo usado por Hamilton. Aqui convivem linguagens muito distintas, que variam entre a figuração e a abstração, imperando, no entanto, o desenho linear e o preto-e-branco. A maioria dos artistas representados, à exceção de Escher e de Bartolomeu Cid dos Santos, usa a gravura a par de outros media, reconhecendo-se em alguns destes trabalhos o mesmo vocabulário e pesquisas por eles desenvolvidos em pintura, desenho ou escultura.

A propósito da natureza múltipla deste medium, a curadora refere no seu texto para o catálogo: «[…] a gravura, enquanto linguagem artística por excelência referente da capacidade técnica da reprodutibilidade da obra de arte, alargando o âmbito da criação artística e o acesso à arte em épocas anteriores à explosão da imagem fotográfica e digital, permite reflectir sobre questões relacionadas com a ideia de autenticidade e da unicidade do objecto artístico.» (Ibid.)

Ao juntar na mesma sala gravuras de uma série de artistas de referência, a curadora estimula tal reflexão sobre estes «múltiplos originais», que permitem um contacto mais generalizado com as obras destes artistas. Muito dificilmente pinturas de Matisse ou Otto Mueller seriam apresentadas neste espaço, desde logo pelas condições espaciais exigidas.

A exposição prossegue com serigrafias profusamente coloridas de Karel Appel, José de Guimarães e Niki de Saint Phalle, e coloca lado a lado experiências muito próximas que usam técnicas distintas, como Le Pigeonnier Normand (1962) e Orly (1962), de Jacques Villon, e a série de quatro gravuras de Maria Gabriel, nas quais se assiste à sobreposição de formas através de uma sucessão de planos paralelos, que originam a ilusão de profundidade.

Por fim, os grandes planos de cor, que estão na base das serigrafias de grande e médio formato de John Hoyland e de Lourdes Castro, contrastam com as gravuras de Asger Jorn, Maria Beatriz e Mário Botas, assentes no desenho.

Para acompanhar a exposição, foi produzida uma pequena publicação contendo um texto da curadora e a reprodução de algumas das obras expostas. No seu texto, Ana Vasconcelos salienta o papel da Fundação Calouste Gulbenkian no desenvolvimento e promoção da gravura em Portugal.

Mariana Roquette Teixeira, 2019


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

Entrée Secoure

Asger Jorn (1914-1973)

Entrée Secoure, 1971 / Inv. GE183

Hibou Sortilége

Asger Jorn (1914-1973)

Hibou Sortilége, 1971 / Inv. GE182

Ecce Homo

Bartolomeu Cid dos Santos (1931- 2008)

Ecce Homo, Inv. GP282

Four Bishops

Bartolomeu Cid dos Santos (1931- 2008)

Four Bishops, 1962 / Inv. GP1346

Composition (Saphire 17)

Fernand Léger (1881-1955)

Composition (Saphire 17), 1947 / Inv. GE201

Le repos du modèle

Henri Matisse (1898-1954)

Le repos du modèle, 1924 / Inv. GE220

sem título

Henry Moore (1898-1986)

sem título, Inv. GE430

The Artist's Hand II

Henry Moore (1898-1986)

The Artist's Hand II, Inv. GE441

Venice, Evening

Howard Hodgkin (1932-2017)

Venice, Evening, Inv. 99GE602

Le Pigeonnier Normand

Jacques Villon (1875- 1963)

Le Pigeonnier Normand, 1962 / Inv. GE270

Orly

Jacques Villon (1875- 1963)

Orly, 1962 / Inv. GE271

The New York Suite 1971

John Hoyland (1934-)

The New York Suite 1971, Inv. GE620

The New York Suite 1971

John Hoyland (1934-)

The New York Suite 1971, Inv. GE612

The New York Suite 1971

John Hoyland (1934-)

The New York Suite 1971, Inv. GE617

The New York Suite 1971

John Hoyland (1934-)

The New York Suite 1971, Inv. GE618

The New York Suite 1971

John Hoyland (1934-)

The New York Suite 1971, Inv. GE619

Sem título

José de Almada Negreiros (1893-1970)

Sem título, 1963 / Inv. GP1009

Sem Título

José de Almada Negreiros (1893-1970)

Sem Título, 1963 / Inv. GP1377

Sem título

José de Almada Negreiros (1893-1970)

Sem título, 1963 / Inv. GP157

Sem título

José de Almada Negreiros (1893-1970)

Sem título, 1963 / Inv. GP158

1.º de Maio V

José de Guimarães (1939-)

1.º de Maio V, Inv. GP1257

Mulher ao espelho III

José de Guimarães (1939-)

Mulher ao espelho III, Inv. GP984

The House With Upstairs in it

Julião Sarmento (1948-2021)

The House With Upstairs in it, Inv. GP1799

The House With Upstairs in it

Julião Sarmento (1948-2021)

The House With Upstairs in it, Inv. GP1803

S/ Título

Karel Appel (1921- 2006)

S/ Título, 1970 / Inv. GE5

S/ Título

Karel Appel (1921- 2006)

S/ Título, 1970 / Inv. GE6

Grande herbário de sombras (Sombra de Datura)

Lourdes Castro (1930-2022)

Grande herbário de sombras (Sombra de Datura), Inv. GP948

Sombra de Dália

Lourdes Castro (1930-2022)

Sombra de Dália, Inv. GP949

Sombra projectada de Arroyo

Lourdes Castro (1930-2022)

Sombra projectada de Arroyo, Inv. GP950

Sombra projectada de Solange Dias

Lourdes Castro (1930-2022)

Sombra projectada de Solange Dias, Inv. GP947

sem título

Man Ray (1890-1976)

sem título, não datado / Inv. GE568

sem título

Maria Beatriz (1940-2020)

sem título, 1968 / Inv. GP2107

sem título

Maria Gabriel (1937-)

sem título, 1969 / Inv. GP2047

sem título

Maria Gabriel (1937-)

sem título, 1969 / Inv. GP2048

sem título

Maria Gabriel (1937-)

sem título, 1969 / Inv. GP2049

sem título

Maria Gabriel (1937-)

sem título, 1969 / Inv. GP2050

Auto-Retrato

Mário Botas (1952-1983)

Auto-Retrato, 1982 / Inv. GP589

Flaque d’eau

Maurits Cornelis Escher (1898-1972)

Flaque d’eau, 1952 / Inv. GE121

Planétoïde en Tetraèdre

Maurits Cornelis Escher (1898-1972)

Planétoïde en Tetraèdre, 1954 / Inv. GE120

I Like Girls

Max Ernst (1891-1976)

I Like Girls, 1965 / Inv. GE119

Remember?

Niki de Saint-Phalle (1930-2002)

Remember?, 1970 / Inv. GE249

Reve de Jeune Fille

Niki de Saint-Phalle (1930-2002)

Reve de Jeune Fille, 1972 / Inv. GE248

You Made Me Discover

Niki de Saint-Phalle (1930-2002)

You Made Me Discover, 1970 / Inv. GE247

Zwei Knaben und vier Mädchen am Ufer

Otto Mueller (1874-1930)

Zwei Knaben und vier Mädchen am Ufer, 1916 / Inv. GE218

S/ Título n.º 1

Paula Rego (1935-2022)

S/ Título n.º 1, Inv. GP1810

S/ Título n.º 3

Paula Rego (1935-2022)

S/ Título n.º 3, Inv. GP1808

Bathroom - Fig. 1

Richard Hamilton (1922-2011)

Bathroom - Fig. 1, Inv. 98GE601

Berlin Interior

Richard Hamilton (1922-2011)

Berlin Interior, Inv. 98GE597

Mirror Image

Richard Hamilton (1922-2011)

Mirror Image, Inv. 98GE596

sem título

Rogério Ribeiro (1930-2008)

sem título, 1973 / Inv. GP1408

Cepheus

Sérgio Pinhão (1949)

Cepheus, 1978 / Inv. GP967

A Jour

Sonia Delaunay (1885-1979)

A Jour, Inv. GE76

Toulouse

Sonia Delaunay (1885-1979)

Toulouse, Inv. GE85

Troisième Dimension

Sonia Delaunay (1885-1979)

Troisième Dimension, 1973 / Inv. GE88

XX Siècle

Sonia Delaunay (1885-1979)

XX Siècle, Inv. GE63


Publicações


Fotografias


Documentação


Fontes Arquivísticas

Arquivos Gulbenkian (Centro de Arte Moderna), Lisboa / CAM 00670

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém correspondência, guias de transporte, lista de obras, cópia do protocolo de colaboração celebrado entre o Turismo de Portugal e a Fundação Calouste Gulbenkian, Programa «Art Allgave» 2009. 2009 – 2009

Arquivo Digital Gulbenkian, Lisboa / ID: 9944

Coleção fotográfica, cor: aspetos (Casa da Cultura Islâmica e Mediterrânica, Silves) 2009


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.