Mostra da Coleção CAM, 2012 – 2013

Exposição da coleção do Centro de Arte Moderna apresentada entre julho de 2012 e abril de 2013. Construída em torno de aspetos formais e temáticos, a mostra desenvolvia-se cronologicamente ao longo do espaço da galeria, traçando uma breve história da arte portuguesa do século XX.
Exhibition of the collection of the Modern Art Centre displayed between July 2012 and April 2013. The formal and thematic display unfolded chronologically, tracing a brief history of Portuguese art in the 20th century.

Exposição da coleção do Centro de Arte Moderna, apresentada na Galeria do Piso 1 entre julho de 2012 e abril de 2013.

Diferente da mostra da coleção que no ano anterior ocupara o piso 01, construída em torno de aspetos formais e temáticos, esta exposição desenvolvia-se cronologicamente ao longo do espaço da galeria, traçando uma breve história da arte portuguesa do século XX.

Os textos de parede marcavam a divisão da exposição em duas partes, correspondentes a dois grandes momentos a destacar: a década de 1910 e o primeiro modernismo português e as décadas de 1960 e 1970.

A exposição começava com um núcleo dedicado à obra de Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918), com pinturas datadas de 1912 a 1917, revelando cinco anos de experiências pictóricas que vão afastando o artista de uma pintura mais gráfica ou linear – Avant la Corrida (c. 1912) –, trabalhando a mancha e a forma geométrica em composições dinâmicas em que a figuração e a abstração se fundem – Cavaleiros (c. 1913), Título desconhecido (BRUT 300 TSF) (Inv. 77P20), (c. 1917) –, até à incorporação de elementos do real – Título desconhecido (Máquina Registadora) (Inv. 68P10) (c. 1917).

A este núcleo seguia-se um outro dedicado a alguns artistas amigos de Amadeo, como o casal Sonia (1885-1979) e Robert Delaunay (1885-1941) e Eduardo Viana (1881-1967). As obras escolhidas mostravam algumas das pesquisas destes artistas durante o período da Primeira Guerra Mundial: Femme Nue Lisant (Mulher Nua a Ler), de Robert Delaunay, funde figuração e experiências cromáticas do orfismo, Chanteurs Flamenco (dit Grand Flamenco), de Sonia Delaunay, coloca os círculos órficos ao serviço da cena representada. O primeiro foi pintado em Espanha e o segundo, apesar de produzido em Portugal, ainda se inspira na estadia do casal naquele país. Fortemente dinâmicas, estas obras contrastam com a pintura de Viana La Petite, integrada neste núcleo. Mais rígida, esta colagem revela as tentativas do artista português de seguir a tendência de geometrização das formas, introduzindo igualmente elementos gráficos na pintura, o que a associa a obras de Amadeo do mesmo período.

Estes trabalhos partilhavam o espaço com um conjunto de pinturas de Júlio Pomar – Cegos de Madrid (1957-59) e Entrada de Touros (1964) – dos finais da década de 1950 e início de 1960, resultado também de influências espanholas, em termos temáticos e formais, mais precisamente da pintura de Goya, dando origem a uma prática pictórica de traço rápido e económico.

O que poderia ser visto como uma quebra no discurso de base cronológica parece ser contrariado pelo texto de sala, no qual se lia: «Amadeo de Souza-Cardoso, Eduardo Viana, Almada Negreiros, ou o casal Sonia e Robert Delaunay marcam o início do século XX, numa passagem breve pelos modernismos e numa condução natural à abstração surreal de Arshile Gorky, à expressividade das pinturas de Júlio Pomar no final dos anos de 1950 ou à Op Art de Eduardo Nery.» (Mostra da Coleção CAM. Texto de parede, 2012) A expressão «condução natural» transmite uma visão progressista da história, como curso contínuo, que neste caso não separa o contexto artístico nacional do internacional. Deste modo, foram inseridas na exposição algumas obras de artistas internacionais (apesar de em muito menor número) que, ao contrário dos anteriormente mencionados, não tiveram uma ligação ou relação especial com Portugal. Afinidades formais e conceptuais estiveram na base da escolha de obras de Arshile Gorky (1904-1948), Boyd Webb (1947), Joe Tilson (1928), John Coplans (1920-2003) ou Waltercio Caldas (1946) integradas na mostra.

A atividade gráfica e ilustrativa do primeiro e segundo modernismos, com uma parte considerável de forte pendor caricatural, foi apresentada como contraponto ao núcleo anterior, reunindo trabalhos de Bernardo Marques, que retratam novos hábitos e costumes de uma sociedade que se queria cosmopolita, e de Stuart Carvalhais, representado com estudos para a capa da revista ABC. Uma aguarela de António Soares e um óleo sobre cartão de Cristino Cruz, nos quais os artistas exploram a estilização do traço bem definido e anguloso, mostram cenas de cafés ou clubes noturnos. Das décadas de 1930, 1940 e 1950 fazem parte um conjunto de trabalhos em que a mulher é protagonista, representada como figura maternal em Maternidade (1935), de Almada Negreiros (1893-1970), e O Homem (1936), de Mário Eloy (1900-1951), ou na sua individualidade, como as figuras femininas de olhar vago e aspeto ingénuo dos guaches e aguarelas de Jorge Barradas (1894-1971).

A segunda parte da exposição procurava refletir sobre os experimentalismos das décadas de 1960 e 1970 e suas repercussões, salientando por um lado a força que assumiu a criação de objetos, representada por artistas como Lourdes Castro (1930), Manuel Alvess (1939-2009) e António Areal (1934-1978), e por outro, as pesquisas geométricas em composições pictóricas e escultóricas (Pires Vieira, Jorge Pinheiro, Manuel Baptista, Joe Tilson), algumas integrando questões sobre o espaço (Ângelo de Sousa, Helena Almeida, Noronha da Costa). A meio caminho entre as duas tendências encontravam-se Estrutura n.º 10 (1968), de Eduardo Nery (1938-2013), e algumas obras de Areal. Formas de neofiguração, contemporâneas dessas experiências geométricas, mostravam a diversidade das práticas desenvolvidas ao longo dessas décadas, com pinturas de Joaquim Rodrigo (1912-1997), Rolando Sá Nogueira (1921-2002), Álvaro Lapa (1939-2006) e Paula Rego (1935).

Por último, da produção artística das duas últimas décadas do século XX foram destacadas as vias minimalista (Fernando Calhau, Pedro Cabrita Reis) e conceptual (Pires Vieira, Julião Sarmento, Waltercio Caldas, John Coplans, Boyd Webb), com uma seleção de trabalhos onde se nota a dissolução das fronteiras entre diferentes media, apresentados como consequência das décadas anteriores.

Para esta exposição, à semelhança da «Mostra da Coleção do CAM» (2011), não foi produzida qualquer publicação.

Mariana Roquette Teixeira, 2020


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

Voici nos Acteurs

Álvaro Lapa (1939-2006)

Voici nos Acteurs, 1972 / Inv. 73P415

(Cavaleiros)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

(Cavaleiros), c. 1913 / Inv. 92P208

(D. Quixote)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

(D. Quixote), 28 de Fevereiro 1914 / Inv. 86P26

(Natureza viva dos objectos)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

(Natureza viva dos objectos), 1913 / Inv. 86P35

(Paysagem           figura negra)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

(Paysagem figura negra), c. 1914-1915 / Inv. 86P23

Avant la corrida

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

Avant la corrida, c. 1912 / Inv. 06P1267

Título desconhecido

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

Título desconhecido, c. 1914 / Inv. 77P12

Título desconhecido

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

Título desconhecido, c. 1913 / Inv. 77P14

Título desconhecido  (BRUT 300 TSF)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

Título desconhecido (BRUT 300 TSF), c. 1917 / Inv. 77P20

Título desconhecido (Barcos)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

Título desconhecido (Barcos), c. 1913 / Inv. 86P33

Título desconhecido (Máquina registadora)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

Título desconhecido (Máquina registadora), c. 1917 / Inv. 68P10

Título desconhecido (O jockey)

Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918)

Título desconhecido (O jockey), c. 1913 / Inv. 77P5

Sem Título

Ângelo de Sousa (1938-2011)

Sem Título, 1964 / Inv. 07E1414

Sem Título

Ângelo de Sousa (1938-2011)

Sem Título, 1964 / Inv. 07E1416

A.H.A.Q.O.V.F.P.P.S.A.F.T.

António Areal (1934-1978)

A.H.A.Q.O.V.F.P.P.S.A.F.T., 1964 / Inv. 65E268

Monumento

António Areal (1934-1978)

Monumento, 1964 / Inv. 79E1125

s/ título (Objecto)

António Areal (1934-1978)

s/ título (Objecto), 1964 / Inv. 79E1137

s/ título (Objecto)

António Areal (1934-1978)

s/ título (Objecto), 1964 / Inv. 79E1136

s/ título (Objecto)

António Areal (1934-1978)

s/ título (Objecto), 1964 / Inv. 79E1128

s/ título (Objecto)

António Areal (1934-1978)

s/ título (Objecto), 1964 / Inv. 79E1124

s/ título (Objecto)

António Areal (1934-1978)

s/ título (Objecto), 1964 / Inv. 79E1126

s/ título (Objecto)

António Areal (1934-1978)

s/ título (Objecto), 1964 / Inv. 79E1127

Pela manhã

António Soares (1894-1978)

Pela manhã, 1913 / Inv. DP920

Pela manhã

António Soares (1894-1978)

Pela manhã, 1913 / Inv. DP920

Retrato da mulher do artista

António Soares (1894-1978)

Retrato da mulher do artista, 1932 / Inv. 75P449

Retrato de uma Bailarina (Natacha)

António Soares (1894-1978)

Retrato de uma Bailarina (Natacha), 1928 / Inv. 81P69

Garden of Wish Fulfillment

Arshile Gorky (1904-1948)

Garden of Wish Fulfillment, (1944) / Inv. 85PE69

Capa para "Civilização nº 1"

Bernardo Marques (1898-1962)

Capa para "Civilização nº 1", Inv. 06DP2528

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1926 / Inv. DP29

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1926 / Inv. DP29

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1922 / Inv. DP31

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1922 / Inv. DP31

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, Inv. DP11

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, Inv. DP11

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1922 / Inv. DP225

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1922 / Inv. DP225

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, Inv. DP1658

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, Inv. DP1658

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1929 / Inv. DP1659

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, 1929 / Inv. DP1659

s/título

Bernardo Marques (1898-1962)

s/título, XXV / Inv. DP21

Squat

Boyd Webb (1947-)

Squat, 1986 / Inv. 90FE26

s/título (Senhoras à mesa)

Cristiano Cruz (1892-1951)

s/título (Senhoras à mesa), Inv. 80P53

Estrutura Ambígua IV

Eduardo Nery (1938-2013)

Estrutura Ambígua IV, 1969 / Inv. 69P531

Estrutura nº 10

Eduardo Nery (1938-2013)

Estrutura nº 10, 1968 / Inv. 98P595

"La petite"

Eduardo Viana (1881-1967)

"La petite", (1917) / Inv. 69P38

S/Título #65

Fernando Calhau (1948-2002)

S/Título #65, 1988 / Inv. 04P1337

sem título

Fernando Calhau (1948-2002)

sem título, 1988 / Inv. 90P183

S/Título

Helena Almeida (1934-2018)

S/Título, 1969 / Inv. 80P413

Lisboa - Algeciras

Joaquim Rodrigo (1912-1997)

Lisboa - Algeciras, 1969 / Inv. 69P145

Soria-Nîmes

Joaquim Rodrigo (1912-1997)

Soria-Nîmes, 1971 / Inv. 83P147

Africa Brass Wood Relief n. 18

Joe Tilson (1928-)

Africa Brass Wood Relief n. 18, 1961 / Inv. RE5

Self Portrait: Upside Down, no. 1

John Coplans (1920-2003)

Self Portrait: Upside Down, no. 1, 1992 / Inv. 95FE49

s/título

Jorge Barradas (1894-1971)

s/título, 1948 / Inv. DP991

s/título

Jorge Barradas (1894-1971)

s/título, 1948 / Inv. DP991

s/título

Jorge Barradas (1894-1971)

s/título, 1954 / Inv. DP992

s/título

Jorge Barradas (1894-1971)

s/título, 1954 / Inv. DP992

s/título

Jorge Barradas (1894-1971)

s/título, 1946 / Inv. DP987

s/título

Jorge Barradas (1894-1971)

s/título, 1946 / Inv. DP987

S/Título

Jorge Pinheiro (1931)

S/Título, 1968 / Inv. 98P604

S/Título

Jorge Pinheiro (1931)

S/Título, 1970 / Inv. 83P603

Maternidade

José de Almada Negreiros (1893-1970)

Maternidade, 1935 / Inv. 83P60

The Frozen Leopard

Julião Sarmento (1948-2021)

The Frozen Leopard, 1991-1992 / Inv. 93P306

Cegos de Madrid

Júlio Pomar (1926-2018)

Cegos de Madrid, 1957-1959 / Inv. 83P703

Entrada de Touros

Júlio Pomar (1926-2018)

Entrada de Touros, 1964 / Inv. 67P765

Caixa Azul

Lourdes Castro (1930-2022)

Caixa Azul, 1963 / Inv. 99E808

Caixa madeira

Lourdes Castro (1930-2022)

Caixa madeira, 1963 / Inv. 99E809

Letras e duas casas

Lourdes Castro (1930-2022)

Letras e duas casas, 1962 / Inv. 10P1622

Letras e Pente

Lourdes Castro (1930-2022)

Letras e Pente, 1962 / Inv. 10P1623

Couleurs Virtuelles ou D'Alvess (vert)

Manuel Alvess (1939-2009)

Couleurs Virtuelles ou D'Alvess (vert), Inv. 81E1515

Modele Reduit de la Table de Multiplication ou de Pythagore

Manuel Alvess (1939-2009)

Modele Reduit de la Table de Multiplication ou de Pythagore, 1971 / Inv. 81E1516

Realité

Manuel Alvess (1939-2009)

Realité, Inv. 81E1517

Baixo-Relevo II

Manuel Baptista (1936-)

Baixo-Relevo II, 1966 / Inv. 67P294

O homem

Mário Eloy (1900-1951)

O homem, c.1936 / Inv. 83P317

Vanitas

Paula Rego (1935-2022)

Vanitas, 2006 / Inv. 06P1372

Natureza Morta

Pedro Cabrita Reis (1956-)

Natureza Morta, 1992 / Inv. 95E351

Friends / Lovers

Pires Vieira (1950-)

Friends / Lovers, 1991 / Inv. 91P205

Sem título (da série "Talk to me", 1997-1998)

Pires Vieira (1950-)

Sem título (da série "Talk to me", 1997-1998), 1998 / Inv. 99DP1771

Femme Nue Lisant

Robert Delaunay (1885-1941)

Femme Nue Lisant, 1915-1916 / Inv. PE113

Shunga

Rolando Sá Nogueira (1921-2002)

Shunga, 1969 / Inv. 83P522

Chanteurs Flamenco (dit Grand Flamenco)

Sonia Delaunay (1885-1979)

Chanteurs Flamenco (dit Grand Flamenco), 1915-1916 / Inv. PE114

Estudo para Capa da Revista ABC

Stuart Carvalhais (1887-1961)

Estudo para Capa da Revista ABC, 1920 / Inv. DP1036

Estudo para Capa da Revista ABC

Stuart Carvalhais (1887-1961)

Estudo para Capa da Revista ABC, 1920 / Inv. DP1036

Estudo para Capa da Revista ABC

Stuart Carvalhais (1887-1961)

Estudo para Capa da Revista ABC, 1920 / Inv. DP1043

Estudo para Capa da Revista ABC

Stuart Carvalhais (1887-1961)

Estudo para Capa da Revista ABC, 1920 / Inv. DP1043

Eureca

Waltercio Caldas (1946-)

Eureca, 2001 / Inv. EE69


Publicações


Documentação


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.