Estudos

Os decisores políticos e a sociedade civil defendem que as atuais gerações têm o dever de deixar às gerações seguintes bens e recursos pelo menos similares aos que herdaram das anteriores. Mas será que é isto que está a acontecer? Desenvolvemos estudos que avaliam de forma objetiva a principais desigualdades entre gerações em diferentes áreas de política pública.

Propostas

Para além de identificar os desequilíbrios já existentes entre gerações, importa desenvolver formas de prevenir novos desequilíbrios no futuro, promovendo políticas de longo prazo justas para todas as gerações.

Nesse sentido, procurámos identificar as condições que permitem implementar políticas de longo prazo, bem como criar uma metodologia que avalie o impacto das políticas públicas nas gerações atuais e futuras.