FCG Secção: Museu
  • Flandres, c. 1620-1621
  • Óleo sobre tela
  • Inv. 113
  • Pintura

Retrato de Homem

Anton van Dyck

Diversas tentativas de identificação têm sido propostas sem que até hoje tenha sido possível resolver a controvérsia gerada à volta da personagem representada. No catálogo de venda, de 1923, consta a designação «Retrato de Anton Triest», mencionado como burgomestre de Gand, também referido em documentação antiga como Nicolas, hipótese não confirmada pela generalidade dos especialistas. Pensou-se, igualmente, que se poderia tratar do seu irmão Anton Triest (1576-1657), bispo de Gand, conde de Evergem e conselheiro de Estado, embora a personagem não envergue na composição vestes eclesiásticas. O anel foi também no passado erradamente associado a essa condição. A ausência de espada parece antes sugerir a possibilidade de se estar em presença de um membro da burguesia.

A datação da pintura gerou igualmente polémica, afigurando-se sustentável que o retrato possa ter sido realizado na Flandres, antes de 1621. A cadeira «espanhola», de couro e pregaria, surge como adereço habitual no primeiro período de Van Dyck em Antuérpia, tal como se pode ver em Retrato de Frans Snyders (The Frick Collection, Nova Iorque), de c. 1620, onde é em tudo idêntica a abordagem do tema e o tratamento da paisagem.

Proveniência

Coleção Marquês de Lassay, Paris; J. B. P. Lebrun, Paris; Venda da Coleção François-Antoine Robit, Paris, 11 de maio de 1801, n.º 33; Bryan; Venda Wilbraham, Londres, 26 de maio de 1810, n.º 70; Sir Abraham Hume; Visconde Alford, Adelbert Wellington, 3.º conde de Brownlow, Ashridge, Berkhamsted. Adquirida por Calouste Gulbenkian por intermédio de Duveen, Christie’s, Londres, 4-7 de maio de 1923, (lote 96).

A.142 cm; L. 112 cm

Washington 1950

European Paintings from the Gulbenkian Collection (catálogo da exposição). Washington DC: National Gallery of Art, 1950, n.º 10, il., p. 30-31.

Barnes et al. 2004

Susan J. Barnes – Van Dyck, A Complete Catalogue of the Paintings. New Haven/London : Yale University Press, 2004, n.º 140, il, p. 124-125.

Paris 2008

Antoon Van Dick, Portraits (catálogo da exposição). Paris : Musée Jacquemart-André, 2008, n.º 6, p. 56-57, 162.

Sampaio 2009

Luísa Sampaio – Pintura no Museu Calouste Gulbenkian. Milan: Skira; Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2009, n.º 13, il., p. 44-45.

Museu Calouste Gulbenkian 2011

Museu Calouste Gulbenkian,Álbum Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2011, n.º 90, il., p. 116.