EXPOSIÇÕES

  • I Exposição de Artes Plásticas

    1957 / Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa

    Contribuiu para delinear um panorama do estado das artes plásticas em Portugal e permitiu sublinhar a heterogeneidade do meio artístico português

  • Paula Rego

    1988 / Itinerância Lisboa, Porto

    Primeira exposição antológica da obra da artista, desde o período de estudante na Slade School of Fine Art até à sua produção de meados dos anos 80

  • A Ilha do Tesouro

    1997 / Centro de Arte Moderna, Lisboa

    Exposição panorâmica de arte britânica contemporânea a partir da Coleção Moderna, com inclusão de obras de outras coleções, sobretudo inglesas

  • Alberto Carneiro. Exposição Antológica

    1991 / Itinerância Lisboa, Porto

    Exposição antológica da obra deste escultor português, organizada em parceria com a Fundação de Serralves e realizada nas cidades de Lisboa e Porto

  • Amadeo de Souza-Cardoso. Diálogo de Vanguardas

    2006 / Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

    A par da publicação do catálogo raisonnée da obra de Amadeo de Souza-Cardoso, renovou plenamente a inclusão do artista na história da arte mundial contemporânea

  • Res Publica. 1910 e 2010 Face a Face

    2010 / Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

    Comemorou o centenário da República Portuguesa, confrontando dois inícios de século, XX e XXI, numa exploração dos múltiplos sentidos da res publica

  • António Dacosta, 1914 – 2014

    2014 – 2015 / Itinerância Lisboa, Bragança, Acores

    Antológica do artista no centenário do seu nascimento, com itinerância por Bragança e Angra do Heroísmo e lançamento do catálogo digital raisonné

 

Explore por tipos e temas

 

Entre no nosso arquivo

 

Biografias

  • José de Azeredo Perdigão

    Presidente vitalício da Fundação entre 1955 e 1993, esteve ligado à sua constituição desde o primeiro momento. Foi mentor e defensor da criação do Centro de Arte Moderna

  • Maria Teresa Gomes Ferreira

    Dirigiu o Museu Calouste Gulbenkian entre 1969 e 1998. Especializou-se em artes decorativas francesas, mobiliário, ourivesaria e objetos de René Lalique

  • José Sommer Ribeiro

    Em 1956, inicia a sua colaboração com a Fundação, assumindo a direção do Serviço de Exposições e Museografia em 1970. Foi o primeiro diretor do CAM, tendo estado na génese da Coleção Moderna

  • Jorge Molder

    Foi diretor-adjunto do CAM entre 1990 e 1994, e diretor entre 1994 e 2009. Nessa qualidade, assinou também a curadoria de algumas exposições

Multimédia

 

Produção Científica