Hugo Canoilas. Moldada na Escuridão

Moldada na Escuridão é uma exposição individual de Hugo Canoilas (Lisboa, 1977) que dá corpo a uma investigação sobre os fundos marinhos iniciada pelo artista Canoilas em 2020, um dos ambientes mais onipresente, mas igualmente mais desconhecido do planeta Terra. Com curadoria de Rita Fabiana, a exposição apresenta uma instalação imersiva e multissensorial na Galeria de Exposições Temporárias do Museu Calouste Gulbenkian.

A publicação que acompanha a exposição abre com o texto «The Gray Beginnings», um dos capítulos da obra The Sea Around Us da autoria da bióloga marinha, ecologista e escritora Rachel Carson (1907-1964). Este texto seminal, de onde foi retirado o título da exposição, é um estudo científico que narra de modo poético a formação do oceano, berço da vida na Terra. Esta é também a primeira vez que é editado em Portugal.

A publicação conta com um ensaio visual do fotógrafo e artista Daniel Malhão, que captou as obras da exposição no Jardim Gulbenkian, multiplicando as possibilidades de relação que estabelecemos com as obras. A publicação inclui ainda um texto de apresentação do diretor do CAM, Benjamin Weil, e um ensaio da curadora da exposição sobre o projeto do artista. O design é da autoria de Márcia Novais.

Ficha técnica

Textos:
Benjamin Weil (apresentação), Rachel Carson, Rita Fabiana
Edição:
Centro de Arte Moderna Gulbenkian, 2022
Idioma:
Português / Inglês
Coordenação editorial:
Patrícia Rosas, Ana Teresa Santos
Editado:
2022
Dimensões:
170 x 240 mm
Capa:
Otabind (papel Munken Lynx 240 g)
Páginas:
92 (papel Munken Lynx 130 g)
ISBN:
978−989−8758−83−5

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.