Plano Geral Definitivo I – 1969

Esta peça desenhada resulta da montagem de Plantas Parciais [i]

Um dos elementos que vincula o Jardim da Gulbenkian ao movimento moderno é, sem dúvida, o traçado do sistema de percursos. Este atributo decorre tanto da forma como esse traçado se desenha como da forma como se materializa: grandes quadros, em betão, justapostos irregularmente que se moldam ao terreno. Este traçado quebra a linearidade da leitura do espaço, introduzindo multiplicidade de pontos de vista, profundidade, movimento, dobras, e constante surpresa. Na mesma lógica de percurso definem-se áreas de percurso, de sociabilidade e espaços de intimidade e isolamento.

Uma análise cuidadosa das diferentes fases do processo do projeto do parque [ii] revela  que o traçado inicial do sistema de percursos proposto, sobretudo na Zona Sul do Parque, se aproxima do sistema de percursos do Parque de Santa Gertrudes, aproveitando muito das direções que este apresentava.

O estudo mais aprofundado desse traçado decorre durante o ano de 1968 [iii], numa fase tardia do processo. A 10 de setembro de 1969 concluía-se a sua construção.

 

[i] Plano Geral Definitivo (Parcial)

Plano Geral Definitivo (Lado Norte)

Plano Geral Definitivo – Lado Sul

Extrato do Plano Geral Definitivo

[ii] Plano Geral – Ampliação

[iii] Solução C Provisória – Modelação/Implantação

Solução A Provisória – Modelação /Implantação

Planta topográfica dos limites Nordeste do Parque Gulbenkian

Plano Geral Definitivo com curvas de nível

Plano Geral Definitivo com curvas de nível

Plano Geral – Entrada

Plano Geral Definitivo II – 1969

 

  • Data de produção: 1969
  • Projetistas (autores principais): TELLES, Gonçalo Pereira Ribeiro
  • Contribuintes (autores secundários): FCG - Serviço de Projectos e Obras
  • Fase do projeto: Do projeto de execução à obra (1963-1969)
  • Identificador: Arquivos da Fundação Calouste Gulbenkian
  • Cobertura temporal: 1969
  • Tipo de dados: Imagem
  • Formatos de extensão: 1 desenho
  • Formato de media: jpg
  • Palavras-chave: peça técnica

Para consultar a versão original deste documento deverá contactar os Arquivos Gulbenkian através do endereço eletrónico arquivos@gulbenkian.pt e referenciar o identificador