• França, c. 1898-1899
  • Ouro, opalas, esmalte e diamantes
  • Inv. 1132
  • Assinada: LALIQUE

Placa de gargantilha «Arvoredo»

René Lalique

A primeira joia adquirida a René Lalique por Calouste Gulbenkian foi esta placa de gargantilha, na qual o artista nos apresenta uma paisagem à beira de um lago utilizando placas de opala, pedra que Lalique tanto apreciou e utilizou nas suas joias. Figurando uma paisagem natural, tema tão do agrado do artista como do colecionador, a peça foi adquirida em 1899 com a promessa de ser emprestada para figurar na Exposição Universal de Paris em 1900, onde a fama de René Lalique foi verdadeiramente consolidada.

De forma retangular, representa uma paisagem com arvoredo e hera, em ouro e esmalte, à beira de um lago de opalas irisadas, de vários tons, enriquecidas por séries de pequenos diamantes, engastados em ouro, que formam as margens do mesmo lago. A peça é constituída por três placas unidas por charneiras, o que permite a adaptação da joia à forma arredondada de um pescoço feminino.

Adquirida por Calouste Gulbenkian a René Lalique, 1899.

A. 5 cm; L. 12,5 cm

Lisboa 2011

Museu Calouste Gulbenkian. Lisboa: Museu Calouste Gulbenkian, 2011, p. 194, cat. 173.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.