• S.l. [Paris: Coustelier], 1731
  • In-12º; impresso sobre papel; Eencadernação em marroquim amarelo-limão
  • Inv. LA245
  • Arte do Livro

«Les Amours Pastorales de Daphnis et Chloé»

Tradução de Jacques Amyot
Ilustração de J. B. Scotin
Encadernação assinada por Jean-Charles-Henri Monnier

Este romance atribuído ao escritor grego Longus (século III ou IV d. C.), popularizou-se em França depois de ter sido publicada a tradução de Jacques Amyot, em 1559.

A encadernação que reveste este exemplar é da autoria de um dos membros da família Monnier, provavelmente Jean-Charles-Henri, encadernador do duque de Orleães. Este mestre executava de forma notável ornamentações figurativas numa atmosfera exótica, influência das lacas chinesas trazidas do Extremo-Oriente.

Coberta por marroquim amarelo-limão, a encadernação é decorada, por uma composição impressa a ouro e embutida de recortes de marroquim de diferentes cores. No compartimento central desenvolve-se um combate entre dois pássaros fantásticos, um dos quais se encontra no solo, enquanto o outro sobrevoa em redor. Um maciço de palmetas e grandes folhas embutidas e douradas sustenta esta cena que se desenrola sob um baldaquino, sobrevoado por dois outros pássaros. As contracapas revestidas de marroquim grená, são decoradas com uma cercadura de filetes, ferros dourados e motivos à l’éventail nos quatro cantos, sendo as primeiras guardas de papel dourado. Monnier assinou este magnífico trabalho quatro vezes.

Coleção Rev. John Mitford, 1860, venda II (lote 2099); Coleção Robert S. Turner (ex-libris), 1878 (lote 423); Coleção Morgand-Fatout; Coleção Valentin Blacque (ex-libris); Coleção Henry W. Poor (ex-libris), 1909, venda V (lote 67); Coleção Edouard Rahir (ex-libris), 1930, venda I (lote 145); Coleção Cortlandt F. Bishop (ex-libris). Adquirido por Calouste Gulbenkian na venda da Coleção Cortlandt F. Bishop, Nova Iorque, 8 de dezembro de 1948 (lote 179).

A. 16,2 cm; L. 10,3 cm

Gruel 1887-1905

Léon Gruel, Manuel Historique et Bibliographique de l’Amateur de Reliures. Paris: 1887-1905, vol. I, pp. 123-126.

Cohen e Ricci 1912

Henri Cohen e Seymour de Ricci, Guide de l’Amateur de Livres à Gravures du XVIIIe siècle. Paris: 1912, cols. 651-652.

Devauchelle 1959-1961

Roger Devauchelle, La Reliure en France de ses origines à nos jours. Paris: 1959-1961, vol. I, pp. 50-52.

Devauchelle 1995

Roger Devauchelle, La Reliure. Paris: 1995, pp. 133-134.

Devaux 1977

Yves Devaux, Dix siècles de Reliure. Paris: 1977, pp. 192-194.

Lisboa 2002

Museu Calouste Gulbenkian. Lisboa: Museu Calouste Gulbenkian, 2001 (2.ª edição de 2oo2), p. 117, cat. 91.