Bertina Lopes

Exposição individual da pintora moçambicana Bertina Lopes (1924-2012), bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. Visando documentar a evolução da obra da artista, a mostra reuniu 50 peças, que davam a ver uma fase inicial e uma fase mais tardia do trabalho da artista.
Solo exhibition of Mozambican painter Bertina Lopes (1924-2012), holder of a grant from the Calouste Gulbenkian Foundation at the time. The show, considered a great success, featured a display of 50 works tracing the evolution of Lopes' artistry.

Exposição integrada no ciclo dedicado aos bolseiros da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), reunindo 50 trabalhos da pintora Bertina Lopes (1924-2012).

Natural de Lourenço Marques (atual Maputo), Bertina Lopes estudou na Escola Superior de Belas-Artes, em Lisboa, onde conviveu com diversos pintores portugueses, entre os quais Carlos Botelho e Marcelino Vespeira. Regressada a Lourenço Marques em 1953, onde residiu durante nove anos lecionando a disciplina de desenho, recebe, em 1962, a primeira bolsa da FCG, que lhe permitiu estudar cerâmica em Lisboa, com o artista português Querubim Lapa. Dois anos depois, parte para Roma, com nova bolsa da FCG, para dar continuidade à sua formação artística. Aí fixa residência, realizando posteriormente exposições em Itália, Portugal, Luxemburgo, Espanha, Moçambique e Cabo Verde.

Acerca do objetivo desta exposição, José Sommer Ribeiro, diretor do Serviço de Exposições e Museografia da FCG, em carta dirigida a Bertina Lopes, explica: «Quanto às perguntas que me faz, parece-me que seria de apresentar cerca de 40 trabalhos e certamente haveria vantagem em que fossem expostos alguns mais antigos de modo a ter-se uma noção exacta da evolução da sua obra.» (Carta de Sommer Ribeiro para Bertina Lopes, 24 jul. 1972, Arquivos Gulbenkian, SEM 00022)

A inauguração da exposição foi noticiada em Portugal e em Lourenço Marques, em cuja imprensa se viria a afirmar que a iniciativa constituiu «um assinalado êxito em Lisboa» (Notícias de Lourenço Marques, 6 nov. 1972).

Isabel Falcão, 2016


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

Dimensão

Bertina Lopes (1924-2012)

Dimensão, 1972 / Inv. P1401

Dimensão

Bertina Lopes (1924-2012)

Dimensão, 1972 / Inv. P1401


Publicações


Material Gráfico


Fotografias

Madalena de Azeredo Perdigão (à esq.) e Bertina Lopes (à dir.)
Artur Nobre de Gusmão e Madalena de Azeredo Perdigão (ao centro) e Bertina Lopes (à dir.)
Artur Nobre de Gusmão (à esq.), Madalena de Azeredo Perdigão e Bertina Lopes (ao centro) e José Sommer RIbeiro (atrás, à dir.)

Documentação


Imprensa


Fontes Arquivísticas

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Belas-Artes), Lisboa / SBA 12939

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém correspondência e ofícios internos relativos à doação de uma obra apresentada na exposição. 1971 – 1974

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM 00022

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém correspondência, listagem de obras a expor, texto para o catálogo de M. Venturoli (em italiano e português), documentação de expedição e importação por 90 dias das obras de Itália para Portugal, recortes de imprensa sobre a exposição na FCG e sobre outras exposições já realizadas pela pintora, e convite para a inauguração. 1971 – 1972

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Comunicação), Lisboa / COM-S001/019-D01828

Coleção fotográfica, p.b.: montagem (FCG, Lisboa) 1972

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM-S007-P0005-D00010

19 provas, p.b.: aspetos (FCG, Lisboa) 1972

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Comunicação), Lisboa / COM-S001/019-D01891

8 provas, p.b.: inauguração (FCG, Lisboa) 1972


Exposições Relacionadas

Maluda

Maluda

1979 / Centre Culturel Portugais, Paris