Olhos nos Olhos. O Retrato na Coleção do CAM

60.º Aniversário da Morte de Calouste Gulbenkian

Exposição coletiva integrada nas comemorações dos 60 anos da morte de Calouste Sarkis Gulbenkian (1869-1955). Com curadoria de Isabel Carlos, a mostra integrou 140 retratos e autorretratos de artistas como Eduardo Viana, Francis Smith, Paula Rego, Helena Almeida, Amadeo de Souza-Cardoso ou Almada Negreiros.
Collective exhibition included in the Commemorations to commemorate 60 years since Calouste Gulbenkian’s death. Curated by Isabel Carlos, the show featured 140 portraits and self-portraits from artists such as Eduardo Viana, Francis Smith, Paula Rego, Helena Almeida, Amadeo de Souza-Cardoso and Almada Negreiros, amongst others.

Exposição organizada pelo Centro de Arte Moderna (CAM) e integrada nas comemorações dos 60 anos da morte de Calouste Sarkis Gulbenkian (1869-1955). Com curadoria da diretora do CAM, Isabel Carlos, a mostra integrou 140 trabalhos de artistas como Eduardo Viana (1881-1967), Francis Smith (1881-1961), Paula Rego (1935-2022), Helena Almeida (1934-2018), Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918), Almada Negreiros (1893-1970) ou João Navarro Hogan (1914-1988), todos representados na Coleção.

Centrada na apresentação de diversos retratos e autorretratos, «Olhos nos Olhos» remetia «para o olhar do espectador, que fita o retratado, mas também para o olhar do artista, que observa o outro quando o retrata» («60 anos da morte de Calouste Gulbenkian: hoje a entrada é livre nos museus da Fundação», Observador, 20 jul. 2015). Dessa troca surge, nas palavras da curadora, uma diversidade de olhares, ora de proximidade, ora de distância, «ou simplesmente a tão ausente mas necessária contemplação, sobretudo a contemplação do outro» (Olhos nos Olhos. O Retrato na Coleção do CAM, 2015, p. 2).

«Do registo naturalista das obras de Henrique Pousão e de Columbano Bordalo Pinheiro, ainda no século XIX, aos autorretratos a preto-e-branco das fotografias de John Coplans que excluem o seu rosto», no século XX, as obras expostas revelavam «múltiplas técnicas, modos de representação, correntes estilísticas, e um permanente fascínio pelo registo do próprio ou dos que são próximos», convidando o visitante a fazer «uma viagem pelo universo do retrato ao longo de um século» (Ibid.).

O projeto expositivo, cujo design ficou a cargo de Cristina Sena da Fonseca, incluiu vários núcleos, havendo uns dedicados ao retrato feminino e aos contextos familiares e outros à representação da figura masculina. A mostra deu também a conhecer, por exemplo, as diferentes representações do poeta Fernando Pessoa, retratado por diversos artistas, como António Dacosta (1914-1990), na obra Sonho de Fernando Pessoa Debaixo de uma Latada numa Tarde de Verão (1982-83) (Inv. 84P129), ou António Costa Pinheiro (1932-2015), na obra Fernando Pessoa – Heterónimo (1978) (Inv. 83P463). Ainda a título de exemplo, foram incluídas fotografias de Pepe Diniz (1945) e de Fernando Lemos (1926-2019), Salvador Dalí (1976) (Inv. 80FP87) e Sophia de Mello Breyner (1949-52) (Inv. FP301), respetivamente, num desejo de «captar as celebridades ou os grandes vultos da cultura e da história» (ArtRabbit / «Eye to Eye. The Portrait in CAM's Collection», 2015).

A mostra foi acompanhada pela divulgação de um caderno de exposição, editado em português e inglês, com um texto de Isabel Carlos que aborda as questões gerais ligadas à temática expositiva, chamando a atenção para três obras paradigmáticas: Retrato de Matilde (1932) (Inv. 83P637), de Sarah Affonso (1899-1983), por remeter para o retrato em pose, algo que foi progressivamente desaparecendo ao longo do século XX; Sombra Projectada de Christa Maar (1968) (Inv. 83P567), de Lourdes Castro (1930-2022), por trabalhar a ideia de sombra em novos suportes; Self Portrait: Upside Down, no. 1 (1992) (Inv. 95FE49), de John Coplans (1920-2003), por reverter na totalidade a noção de retrato, com a ausência do rosto.

Além da inauguração desta exposição, o dia 20 de julho de 2015 ficou marcado pela inauguração de outras três exposições: «Meeting Point 2», «X de Charrua» e «Tensão e Liberdade». Foram também apresentados dois livros de Ana Magalhães e Isabel Alçada: Calouste Gulbenkian. História de um homem invulgar e da sua fabulosa coleção O Olhar Misterioso de Hélène Fourment, uma obra que faz referência à pintura de Peter Paul Rubens (1577-1640), patente no Museu Gulbenkian.

As comemorações do 60.º aniversário da Fundação integraram um concerto da Orquestra Gulbenkian, dirigida pelo maestro Jan Wierzba, realizado após a entrega do Prémio Gulbenkian ao médico e humanista Denis Mukwege.

A mostra recebeu um total de 11 933 visitantes, tendo sido registadas 32 visitas orientadas pelo Serviço Educativo do Museu Gulbenkian.

Joana Atalaia, 2019


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

Auto-Retrato

Abel Manta (1888-1982)

Auto-Retrato, 1933 / Inv. 89P178

The Botanist

Adrian Wiszniewski (1958-)

The Botanist, 1986 / Inv. DE114

Fernando Pessoa - Heterónimo

António Costa Pinheiro (1932- 2015)

Fernando Pessoa - Heterónimo, 1978 / Inv. 83P463

Sonho de Fernando Pessoa Debaixo de uma Latada numa Tarde de Verão

António Dacosta (1914-1990)

Sonho de Fernando Pessoa Debaixo de uma Latada numa Tarde de Verão, 1982/83 / Inv. 84P129

Almada Negreiros - Retrato de José de Almada

António Soares (1894-1978)

Almada Negreiros - Retrato de José de Almada, 1915 / Inv. DP879

Retrato da mulher do artista

António Soares (1894-1978)

Retrato da mulher do artista, 1932 / Inv. 75P449

Retrato de Maria de Mello Breyner

António Soares (1894-1978)

Retrato de Maria de Mello Breyner, Lisboa Maio de 1932 / Inv. 83P1110

Retrato de uma Bailarina (Natacha)

António Soares (1894-1978)

Retrato de uma Bailarina (Natacha), 1928 / Inv. 81P69

S/ Título (Plane Room) da série Azul e Rotineiro

Armando Ferraz (1968-)

S/ Título (Plane Room) da série Azul e Rotineiro, 2000 / Inv. 02FP454

I Spy

Daniel Blaufuks (1963-)

I Spy, 2003 / Inv. 03FP428

S/Título

Dario Alves (1940- )

S/Título, 1986 / Inv. 87P702

Retrato de Mily Possoz

Eduardo Viana (1881-1967)

Retrato de Mily Possoz, Inv. 83P782

Glicínia em S. Pedro de Alcântara

Fernando Lemos (1926-2019)

Glicínia em S. Pedro de Alcântara, 1949-52 / Inv. FP220

La petite concierge

Francis Smith (1881-1961)

La petite concierge, 1915 / Inv. 68P499

Auto-Retrato

Frederico George (1915-1994)

Auto-Retrato, c.1939 / Inv. 81P627

Troppa lucce

Gaëtan (1944-2019)

Troppa lucce, 1998 / Inv. DP1721 1-5

Auto-Retrato

João Navarro Hogan (1914-1988)

Auto-Retrato, 1959 / Inv. 80P174

Self Portrait: Upside Down, no. 1

John Coplans (1920-2003)

Self Portrait: Upside Down, no. 1, 1992 / Inv. 95FE49

Bispo (azul)

Jorge Pinheiro (1931)

Bispo (azul), 1981 / Inv. 83P585

Bispo (vermelho)

Jorge Pinheiro (1931)

Bispo (vermelho), 1981 / Inv. 83P586

Duplo retrato

José de Almada Negreiros (1893-1970)

Duplo retrato, 1934/36 / Inv. 62P260

Auto-retrato

José Dominguez Alvarez (1906-1942)

Auto-retrato, Inv. 83P625

D. Quixote

José Dominguez Alvarez (1906-1942)

D. Quixote, 1934 / Inv. 83P445

Louco

José Dominguez Alvarez (1906-1942)

Louco, 1934 / Inv. 83P82

Nocturno

Júlio dos Reis Pereira (1902-1983)

Nocturno, 1929 / Inv. 83P371

Sombra Projectada de Christa Maar

Lourdes Castro (1930-2022)

Sombra Projectada de Christa Maar, 1968 / Inv. 83P567

O Arquitecto José Pacheco

Mário Eloy (1900-1951)

O Arquitecto José Pacheco, 1925 / Inv. 83P202

The Family in the Garden

Michael Andrews (1928-1995)

The Family in the Garden, 1959-63 / Inv. PE270

s/título

Mily Possoz (1888-1968)

s/título, 1930 / Inv. 83P1276

António Dacosta

Ofélia Marques (1902-1952)

António Dacosta, Inv. DP596

Auto-retrato

Ofélia Marques (1902-1952)

Auto-retrato, Inv. DP588

Bernardo Marques

Ofélia Marques (1902-1952)

Bernardo Marques, Inv. DP589

Carlos Ribeiro

Ofélia Marques (1902-1952)

Carlos Ribeiro, Inv. DP613

O poeta José Gomes Ferreira

Ofélia Marques (1902-1952)

O poeta José Gomes Ferreira, Inv. DP585

Os cegos de Praga XII

Pedro Cabrita Reis (1956-)

Os cegos de Praga XII, 1998 / Inv. 98DP1715

Amália Rodrigues (Lisboa)

Pepe Diniz (1945-)

Amália Rodrigues (Lisboa), 1987 / Inv. 93FP273

Andy Warhol

Pepe Diniz (1945-)

Andy Warhol, 1975 / Inv. 80FP88

Eunice Muñoz (Paço d'Arcos)

Pepe Diniz (1945-)

Eunice Muñoz (Paço d'Arcos), 1988 / Inv. 93FP274

Glauber Rocha (Paris)

Pepe Diniz (1945-)

Glauber Rocha (Paris), 1974 / Inv. 93FP272

Gloria Swanson

Pepe Diniz (1945-)

Gloria Swanson, 1973 / Inv. 80FP90

Henri Langlois

Pepe Diniz (1945-)

Henri Langlois, 1973 / Inv. 80FP89

Júlio

Pepe Diniz (1945-)

Júlio, 1980 / Inv. FP107

Man Ray

Pepe Diniz (1945-)

Man Ray, 1973 / Inv. 80FP83

Michel Simon

Pepe Diniz (1945-)

Michel Simon, 1971 / Inv. 80FP82

Nana Vasconcelos - New York

Pepe Diniz (1945-)

Nana Vasconcelos - New York, 1987 / Inv. 93FP271

Robert Rauchenberg

Pepe Diniz (1945-)

Robert Rauchenberg, 1978 / Inv. 80FP99

Roy Lichtenstein - N.Y.

Pepe Diniz (1945-)

Roy Lichtenstein - N.Y., 1986 / Inv. 93FP270

Salvador Dali

Pepe Diniz (1945-)

Salvador Dali, 1976 / Inv. 80FP87

Sarah Afonso

Pepe Diniz (1945-)

Sarah Afonso, 1980 / Inv. FP94

Família

Sarah Affonso (1899-1983)

Família, 1937 / Inv. 65P277

Retrato de Matilde

Sarah Affonso (1899-1983)

Retrato de Matilde, 1932 / Inv. 83P637

Retrato de Tagarro e Waldemar da Costa

Sarah Affonso (1899-1983)

Retrato de Tagarro e Waldemar da Costa, Inv. 83P1109


Publicações


Fotografias

Jorge Sampaio e Isabel Carlos (à esq.), Artur Santos Silva (à dir.)

Documentação


Imprensa


Páginas Web


Fontes Arquivísticas

Arquivos Gulbenkian (Centro de Arte Moderna), Lisboa / CAM 00714

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém correspondência interna e externa, inquéritos de satisfação dos visitantes, relatório do balanço final da exposição, caderno de exposição e planta de sala. 2015 – 2015

Arquivo Digital Gulbenkian, Lisboa / ID: 3918

Coleção fotográfica, cor: aspetos (FCG, Lisboa) 2015

Arquivo Digital Gulbenkian, Lisboa / ID: 140344

Coleção fotográfica, cor: inauguração (FCG, Lisboa) 2015


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.