Programa Cidadãos [email protected] / Active Citizens Fund
6 Outubro, 2020 Conteúdo TSF

A arte como um grande passo para mudar o bairro Piedade Jovem

O Programa Cidadãos [email protected] vai financiar o projeto que pretende ajudar os jovens do bairro da ilha de São Miguel.

Os jovens do bairro da Piedade Jovem, em São Miguel, nos Açores, pintaram com grafittis uma casa abandonada, mas agora reconhecem que aquela parede pode dar coisas mais interessantes e, e por isso, vão voltar a fazê-lo.

“Os grafittis foram feitos pelos jovens, mas eles próprios acreditam que é um denegrir do bairro, que há coisas a melhorar e que podem ser instrumento dessas melhorias, com algo alusivo a coisas mais positivas, às vidas privadas e à vida do bairro, com um instinto mais artístico e de promoção do bairro”, conta Carmen Bettencourt, uma das responsáveis pelo projeto.

 

 

Esta é uma das atividades que a Associação Solidaried’Arte Açores tem preparada para breve e Carmen Bettencourt explica que o objetivo é estimular a participação cívica através da arte.

Uma das vertentes que mais agrada é a arte comunitária, desde os murais às frases no chão, e apesar de já haver um projeto a trabalhar o tema, a associação pretende trabalhá-lo de forma mais “específica e especializada”.

O bairro Piedade Jovem, em São Miguel, tem cerca de 1400 moradores e muitos problemas que não ajudam a integrar os mais novos, nomeadamente “uma taxa muito elevada de jovens em desocupação, um abandono escolar muito elevado” e é um “bairro com um forte estigma associado”, havendo ligações ao tráfico de droga e prostituição, o que não ajuda na integração dos jovens.

Carmen Bettencourt garante que os jovens querem criar uma identidade mais positiva para quem vive no bairro e que haja um convívio melhor entre quem vive no local. “A polícia é chamada imensas vezes, durante a noite costuma haver assaltos e zaragatas e esse é um dos problemas que os jovens alertam, no entanto há um laço com a família que os impede de sair do bairro e serão esses jovens líderes que queremos que multipliquem as ações quando o projeto acabar e tiver continuidade financiado pelo Governo Regional dos Açores”, explica.

O projeto ‘Conexio – Lig’Arte ao Bairro’ foi financiado pelo Programa Cidadãos Ativos e quer chegar aos jovens entre os 15 e 24 anos, tudo para que ninguém tenha problemas em dizer que vive no Bairro Piedade Jovem, na ilha de São Miguel.

Por: