• Cartão
  • Óleo
  • Inv. 83P1172

Adriano de Sousa Lopes

S/Título

Esta composição mostra-nos uma outra faceta do pintor Sousa Lopes, uma faceta mundana, de registo de eventos sociais que o artista também cultivou ao longo da sua carreira, a par da vocação de ar livre que sobretudo privilegiou.

 

Embora não datada (Sousa Lopes nem sempre datou as suas obras), podemos situar esta «reunião social» nos anos 10 ou 20 do século XX, a avaliar pelos figurinos usados pelas mulheres, modelos de vestido comprido, cintados, manga larga e tufada.

 

A cena decorre num salão interior, fechado e obscurecido, do qual sobressai o vermelho profundo e matizado do soalho, reforçando talvez a formalidade do encontro. Ao fundo, o espaço é delimitado por um buffet sobre o qual se debruça um homem de casaca. Em primeiro plano, à esquerda, um grupo de mulheres reúne-se em torno de um diálogo com uma figura feminina que, de branco, encena uma vénia de cumprimento cortês.

 

Outras personagens à direita, bem como dois homens esboçados na sobriedade dos seus fatos pretos, no plano intermédio à esquerda, concorrem para estimular a composição atribuindo-lhe dinâmica de movimento, traduzida pela multiplicação de linhas diagonais (virtuais) e pela inclinação dos corpos, como pelo colorido das roupagens femininas que difunde a luz contrastando com a tonalidade sombria da imagem.

 

Ao contrário dos inúmeros retratos ou representações com grupos de figuras que Sousa Lopes realizou ao longo da vida, este pequeno quadro, apontamento ou «pochade», foge à convenção realista para se aproximar de uma visão caricatural, expressionista, muito rara na obra do pintor português. O facto provável de se tratar de um esboço ou de um estudo poderá também justificar a liberdade de factura adoptada no tratamento sumário das fisionomias, com uma simplificação drástica do colorido e da luz. Sublinhando ainda o carácter transitório e fugaz de um acontecimento mundano, no qual os protagonistas se encontram encerrados num espaço sem aberturas, como encerrados estão decerto sob as máscaras dos seus papéis sociais.

 

 

AFC

Janeiro de 2011

TipoValorUnidadesParte
Altura21cm
Largura26cm
TipoAquisição
DataJulho de 1983
Atualização em 23 janeiro 2015

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.