• 1959
  • Tela
  • Óleo
  • Inv. 60P245

Lourdes Castro

Outubro

Nos primeiros anos em que se encontra em Paris (1958-1960), o trabalho de Lourdes Castro surge ainda associado à prática da abstração, opção que era partilhada pela generalidade dos seus companheiros do grupo KWY. A obra Outubro integra um grupo maior de oito obras abstratas com títulos relativos a meses, que fazem referência direta ao período da sua produção. Explorando ainda as potencialidades expressivas das técnicas e suportes tradicionais, logo abandonados em 1961, podemos identificar já nesta fase, a sugestão de preocupações relativas à passagem do tempo, a efemeridade* que encontrarão ecos diferenciados em trabalhos posteriores.

 

Desde dezembro de 1960, a obra pertencerá à FCG, tendo sido adquirida à data da primeira exposição do grupo KWY em Lisboa, patente na Sociedade Nacional de Belas Artes, e que contou com o apoio da mesma Fundação.

 

 

* No catálogo da exposição a artista faz acompanhar as suas obras de uma estrofe de Camões: «Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades/Muda-se o ser, muda-se a confiança;/Todo o mundo é composto de mudança,/Tomando sempre novas qualidades.»

 

 

 

Catarina Crua

Junho de 2013

TipoValorUnidadesParte
Largura54cm
Altura65cm
Tipo assinatura
TextoLourdes
Posiçãofrente, canto inferior direito
Tipo data
Texto59
Posiçãofrente, canto inferior direito
TipoAquisição
DataDezembro 1960
<table class='mon_monografia'50 Anos de Arte PortuguesaLisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2007ISBN:978-972-678-043-4Catálogo de exposição
KWY - Paris 1958-1968
Centro Cultural de Belém
Curadoria: Margarida Acciaiuoli
15 de Março de 2001 a 22 de Julho de 2001
Grande Hall de Exposições do Centro Cultural de Belém
Exposição sobre o grupo KWY: René Bertholo, Lourdes Castro, Christo, Gonçalo Duarte, José Escada, Costa Pinheiro, João Vieira e Jan Voss. A inauguração da exposição foi no dia 15 de Março de 2001, fazendo parte desta um almoço no Restaurante A Commenda, pelas 13 horas.
50 Anos de Arte Portuguesa
Fundação Calouste Gulbenkian
Curadoria: Fundação Calouste Gulbenkian
6 de Junho de 2007 a 9 de Setembro de 2007
Sede da FCG, Piso 0 e 01
Exposição programada pelo Serviço de Belas-Artes e pelo Centro de Arte Moderna, da Fundação Calouste Gulbenkian. Comissariado: Raquel Henriques da Silva, Ana Ruivo e Ana Filipa Candeias
Caligrafias : Uma Realidade Inquieta
Fundação Portuguesa das Comunicações
Curadoria: Maria João Fernandes
9 de Outubro de 2008 a 15 de Janeiro de 2009
Lisboa, Fundação Portuguesa das Comunicações
A exposição inaugurou dia 9 de Outubro de 2008, integrando as várias acções preparadas por ocasião das comemorações do Dia Mundial dos Correios.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.