• 1921
  • Papel
  • Tinta-da-china e Guache
  • Inv. DP872

António Soares

Leviana

António Soares e António Ferro foram, em campos diferentes, protagonistas da cultura portuguesa da primeira metade do século XX e, mais estritamente, da História da Arte em Portugal do mesmo período. Da sua relação próxima resulta um retrato notável de Ferro em 1920, a participação conjunta na renovação da revista Ilustração Portuguesa em 1921 e a escolha de António Soares como Prémio Columbano em 1935, logo no primeiro ano em que este é atribuído pelo Secretariado de Propaganda Nacional.

 

Este trabalho para a capa do romance A Leviana, publicado em 1921 por António Ferro, é, no entanto, a obra em que essa proximidade profissional pode ser verificada mais directamente. Resultado de um avanço mais generalizado do papel da mulher na sociedade ocidental levado a cabo após a Primeira Grande Guerra, o romance de Ferro era o retrato da nova mulher que circulava (ou se queria a circular) pelas Avenidas Novas de Lisboa e pelo Chiado, reflectindo a «situação mundana em que o modernismo se comprazia» e cujo outro lado se espelha em Nome de Guerra, de Almada Negreiros, segundo José-Augusto França.

 

A capa de Soares apresenta, assim, um rosto de mulher que ilustra a protagonista da novela, retratada com vitalidade e euforia pelo destaque da boca marcada a batom vermelho e pela exuberância do cabelo azul sob um chapéu de feltro verde, em tonalidades relativamente vibrantes, que contribuem eficazmente para o animar da composição.

 

 

ASR

 

Maio de 2010

Tipo Valor Unidades Parte
Altura 34,5 cm
Largura 26,7 cm
Tipo outras
Texto A Leviana
Tipo assinatura
Texto A.S.
Posição Em baixo ao centro
Tipo Aquisição
Data Julho de 1983
Arte moderna portuguesa no tempo de Fernando Pessoa, 1910-1940
Kilchberg, Stemmle, 1997
Catálogo
A arte em Portugal no século XX, 1911-1961
Lisboa, Bertrand, 1985
Monografia
O grafismo e ilustração dos anos 20
Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, Centro de Arte Moderna, 1986
Catálogo
Arte moderna portuguesa no tempo de Fernando Pessoa, 1910 -1940
18 de Dezembro de 1997 a 12 de Fevereiro de 1998
Centro Cultural de Belém
20 de Setembro a 30 de Novembro de 1997
Schirn Kunsthalle
Exibiu 15 obras de Amadeo.
O Grafismo e Ilustração nos anos 20
CAM/FCG
Curadoria: CAM/FCG
1986-01-01 a 1986-01-31
Centro de Arte Moderna José Azeredo Perdigão, Lisboa
Exposição comissariada por José Sommer Ribeiro e Isabel Guedes Olazabal.
Atualização em 23 janeiro 2015

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.