Conversa com os curadores: Tudo o que eu quero

Artistas portuguesas de 1900 a 2020

Slider de Eventos

Data

Loading

A exposição Tudo o que eu quero segue um conjunto de eixos que revelam uma vontade de afirmação das artistas perante os sistemas de consagração dominantes: o olhar, o corpo (o seu corpo, o corpo dos outros, o corpo político), o espaço e o modo como o ocupam (a casa, a natureza, o atelier), a forma como cruzam fronteiras disciplinares (a pintura, a escultura, mas também o vídeo, a performance, o som) ou a determinação com que avançam na utopia de uma construção transformadora, de si mesmas e daquilo que as rodeia. Nesta visita, os curadores Helena Almeida e Bruno Marchand, falarão deste projeto e das suas linhas orientadoras, num percurso guiado ao longo da exposição.

Com Helena Freitas e Bruno Marchand

Mecenas das Atividades Educativas do Museu

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.