Pátio do Museu – Plano de Plantação

Esta peça técnica integra um conjunto de peças técnicas [i] desenvolvidas pelo Arquiteto Paisagista António Viana Barreto na sequência de ter sido convidado, em Maio de 1976, para elaborar o projeto de revitalização ou adaptação  de certas  áreas do Parque, o qual coordenará até dezembro de 1979.

Viana Barreto definiu como principais objectivos a consolidação dos princípios que haviam sido definidos como fundamentais em 1961.

 As suas acções incidiram:

– na zona sul do jardim;

– na  substituição da mata de ulmeiros, localizada  a poente, por uma mata de lódãos;

–  nas floreiras e nos pátios.

[i] Pátio dos Congressos – Arbustos

Patio dos Congressos – Pormenores

Pátio dos Congressos – Revestimentos

Floreiras

Parque Calouste Gulbenkian – Ponto de situação sobre o estado de conservação dos pátios do Museu e cobertura junto ao 1º piso da  Sede

  • Data de produção: 1976
  • Projetistas (autores principais): BARRETO, António Facco Viana
  • Contribuintes (autores secundários): FCG - Serviço de Projectos e Obras
  • Fase do projeto: Revisão de 1966
  • Identificador: PT FCG FCG:SCT/02-DES00030
  • Cobertura temporal: 1976
  • Tipo de dados: Imagem
  • Formatos de extensão: 1 desenho
  • Formato de media: jpg
  • Vegetação : Chamaerops humilis | Palmeira-das-vassouras, Erigeron karvinskianus | Margacinha, Hebe sp. | Verónicas, Lagerstroemia indica | Flor-de-merenda, Myrtus sp. | Murtas, Phormium tenax | Espadana, Polygonum sp. | Polígonos-de-jardim, Rhododendron ponticum | Azálea, Rosmarinus sp. | Alecrim, Saxifraga sp. | Saxifragas, Strelitzia reginae | Estrelícia, Thymus vulgaris | Tomilho, Tibouchina semidecandra | Tibouchina, Viola sp. | Violetas
  • Palavras-chave: arbusto, árvore, coberto arbóreo, esboço, herbáceas, pátio, revestimento vivo, sistema, sistema de vegetação

Para consultar a versão original deste documento deverá contactar os Arquivos Gulbenkian através do endereço eletrónico [email protected] e referenciar o identificador