• Itália, c. 1506-1507 (?)
  • Pergaminho, 179 fls.
  • Inv. LA149

Livro de Horas de Afonso I d’Este

Os emblemas com as divisas e os títulos de Afonso I d’Este (1476-1534), terceiro duque de Ferrara, Modena e Reggio, incluídos nas margens iluminadas que enquadram os diversos textos deste Livro de Horas, confirmam como seu proprietário esta proeminente figura da Renascença italiana.

Cada um dos Ofícios que constituem este livro de orações é introduzido por um fólio ornamentado com uma letra capital historiada e com margens exuberantes, onde, sobre fundos ora dourados ora negros ponteados a ouro, se representam pérolas, camafeus e pedras preciosas entre flores, frutos e animais, bem como conjuntos de grotescos bizarros.

No f. 94r, introdutório do Ofício dos Mortos, está representada na grande letra inicial a figura da Morte, um esqueleto com atavios femininos mirando-se ao espelho, que reflete a imagem do destino irreversível do Homem.

Adquirido em 1924 por Calouste Gulbenkian, este códice mantém da sua decoração inicial, dezanove esplêndidas páginas iluminadas por Matteo da Milano. As catorze miniaturas de página inteira que inicialmente o decoravam foram destacadas em data desconhecida e compradas por volta de 1884 pelo bispo Strossmayer, pertencendo atualmente à Galeria Strossmayerova, em Zagreb.

Afonso I d’Este, f. 1534; Francisco V da Áustria-Este, 1846-1875; Carlos I, Imperador da Áustria, 1916-1922. Adquirida por Calouste Gulbenkian a J. Bourdariat, Paris, 2 de maio de 1924.

A. 27 cm; L. 18,2 cm 

Toniolo 1989

Federico Toniolo, «A proposito del Libro d’Ore di Alfonso I», Miniatura 2, 1989, pp. 149-151.

Ricci 1998

Milena Ricci, «Il libro e il monumento. Miniature ed iscrizioni per la gloria degli Estensi», em Gli Estensi. La Corte di Ferrara, prima parte. Modena: Biblioteca Estense Universitaria di Modena, pp. 233-268.

Nova Iorque 1999

Katharine Baetjer e James David Draper (eds.), «Only the Best». Masterpieces of the Calouste Gulbenkian Museum, Lisbon, catálogo de exposição. Nova Iorque: The Metropolitan Museum of Art, 1999, p. 39, cat. 15.

Lisboa 2001

Museu Calouste Gulbenkian. Lisboa: Museu Calouste Gulbenkian, 2001, p. 100, cat. 76.

Fac-simile 2002

Offiziolo Alfonsino. Libro d’ore di Alfonso I d’Este, comentário à edição fac-similada do códice. Modena: Il Bulino edizione d’arte, Biblioteca Estense Universitária, 2002.

Baraldi 2002

Anna Maria Fioravanti Baraldi, Lucrezia Borgia «la beltà, la virtú, la famahonesta». Florença: Gabriele Corbo Ed., 2002, pp. 156-157.

Bruxelas 2003

Une Renaissance singulière. La cour des Este à Ferrare, catálogo da exposição. Bruxelas: Palais des Beaux Arts 2003, p. 176, cat. 127.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.