• Paris: Chez Vente, Libraire des Menus Plaisirs du Roi, 1775
  • Pequeno in-4º, papel, encadernação em marroquim vermelho
  • Inv. LA53
  • Armas de Luís XVI e Maria Antonieta na encadernação

«Formule de Cérémonies et Prières pour le Sacre de Sa Majesté Louis XVI […]»

Ilustração de Charles Emmanuel Patas

A sagração de Luís XVI que havia acedido ao trono como rei de França em 1774, teve lugar no dia 11 de junho de 1775, na catedral de Reims, de acordo com a tradição histórica, seguida desde a Idade Média.

O livro que aqui se apresenta inclui uma descrição detalhada dos diferentes rituais envolvidos nesta cerimónia que confirma o direito divino do rei. Relata igualmente a preparação das construções de natureza efémera para acolher com distinção o acontecimento real. A cerimónia era celebrada com toda a pompa, desde a chegada do rei à cidade de Reims na antevéspera da sagração até à sua partida para Paris, não antes de proceder a um ato de clemência que permitia a libertação de prisioneiros. Associam-se, também, a esta descrição todas as orações apropriadas a cada momento.

A encadernação que reveste este exemplar, em marroquim vermelho, é decorada à la dentelle numa composição composta de folhagens estilizadas e pontos dourados, impressos com pequenos ferros, de cuja associação resulta um efeito delicado, tão ao sabor do século. No centro de ambos os planos encontram-se as armas de Luís XVI (Versalhes, 1754-Paris, 1793) e de Maria Antonieta (Viena, 1755-Paris, 1793), que haviam contraído matrimónio em 1770. 

Luís XVI e Marie-Antoinette; Coleção Descamps-Scrive (ex-libris). Adquirido por Calouste Gulbenkian, por intermédio de Giraud-Badin, na venda da Coleção Descamps-Scrive, Paris, 23 de março de 1925 (lote 133).

A. 21,7 cm; L. 14,8 cm 

Bellaigue 1965

Geoffrey de Bellaigue, «The Coronation Books of Three Kings of France», Apollo, 1965, pp. 384-391.

Devaux 1977

Yves Devaux, Dix siècles de Reliure. Paris: 1977, pp. 166-174

Versalhes 2000

Chefs-d’œuvres du Musée Gulbenkian de Lisbonne. Meubles et Objets Royaux du XVIIIe Siècle Français, catálogo da exposição. Versalhes: Château de Versailles e de Trianon, 2000, p. 62 , n.º 16.

Fuhring 2004

Peter Fuhring, «Libros de fiesta y exequias celebradas en la corte de Francia», em La Real Biblioteca Pública de Felipe V a Fernando VI – 1711-1760, catálogo da exposição. Madrid: Biblioteca Nacional, 2004, pp. 285-299, 469, 503-504.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.