René Lalique no Museu Calouste Gulbenkian

As oitenta peças que se apresentam neste álbum encontram-se expostas ao público na sala especialmente dedicada à obra de René Lalique, espaço que encerra, cronologicamente, o percurso do Museu Calouste Gulbenkian. O conjunto de jóias, objectos de arte, vidros e desenhos que o Coleccionador adquiriu directamente ao artista, com uma única excepção, entre 1899 e 1927, é bem representativo da sua obra.

René Lalique (1860-1945) e Calouste Gulbenkian (1869-1955) partilharam a vivência de uma época marcada pela fascinante transição da chamada «Belle Époque» – com o seu particular espírito de fim de século, presente sobretudo no notável conjunto de obras Arte Nova. Ligava-os uma amizade e consideração mútua, bem patente nas palavras do Coleccionador: «A minha admiração pela sua obra única não parou de crescer, ao longo dos cinquenta anos que durou a nossa amizade… Orgulho-me de possuir, creio bem, o maior número de obras suas…».

  • Textos: Maria Fernanda Passos Leite
  • Editor: Ed. Skira (Milão) / Fundação Calouste Gulbenkian
  • Editado em: 2008
  • Páginas: 136
  • ISBN: 978-972-8848-49-1 (ed. brochada), 978-972-8848-50-7
  • Preço: €25 - 32
  • Disponibilidade: Disponível