Al Cartio e Constance Ruth Howes de A a C

Para o Espaço Projeto da Coleção Moderna do Museu Calouste Gulbenkian, Al Cartio (Honolulu, 1951) e Constance Ruth Howes (Baltimore, 1949) apresentaram uma seleção de obras, que usam a linguagem como um lugar de experimentação e de crítica, e uma série de aguarelas que representam paisagens marítimas inspiradas no litoral algarvio. O diálogo estabelecido entre estas obras revela ligações surpreendentes entre os modos de ver e de pensar a realidade dos seus autores.

Integram ainda a exposição uma escultura de Al Cartio, exit C, de 1981, e uma aguarela do artista João Marques, sem título, de 1912, adquirida por Howes aquando da sua viagem a Portugal em 2015.

No âmbito deste projeto o Museu Calouste Gulbenkian  publicou um caderno com um texto dos curadores Ana Jotta e Ricardo Valentim, uma reflexão sobrea autoria artística e a curadoria de exposições. Apresentam-se igualmente fotografias das obras expostas e as biografias dos artistas. A publicação é bilingue e integra a linha editorial do Espaço Projeto.

  • Textos: Ana Jotta e Ricardo Valentim
  • Coordenação editorial: Museu Calouste Gulbenkian
  • Editado: 2018
  • Capa: Brochado
  • Páginas: 16
  • Língua: Português/Inglês
  • ISBN: 978-989-8758-53-8
  • Preço: €€5
  • Stock: Disponível
Atualização em 07 Fevereiro 2019