Alberto Pessoa

Figueira da Foz, 1919 - Lisboa, 1985

Formado em Arquitectura em 1943 pela EBAL (Escola de Belas-Artes de Lisboa), instituição onde viria mais tarde a leccionar (1950-1960). Foi um dos directores da revista Arquitectura e consultor da Comissão Universitária de Coimbra, através da qual trabalhou no arquivo e remodelação da Biblioteca Central da Faculdade de Letras (1942-1945). Este autor incorporou na sua obra os valores modernos saídos do I Congresso de Arquitectos realizado em Portugal, em 1948. Duas das suas obras foram distinguidas com o Prémio Valmor – Casa-moradia no Restelo, em 1950, e o complexo da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

Principais Obras
Estudo da Zona da Praça Pasteur e Avenida de Paris, para a Câmara Municipal de Lisboa (1947); Conjunto Habitacional da Av. Infante Santo, Lisboa (1955); Associação Académica de Coimbra (1958-1959); Sede e Museu da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa (1959-1969).