Figuração e Parafiguração na Pintura de Nikias Skapinakis, 1950 – 1985

Exposição antológica do pintor português Nikias Skapinakis (1931) reunindo obras produzidas ao longo de quarenta anos e pertencentes ao acervo do Centro de Arte Moderna e a colecionadores privados. Esta mostra de pintura foi completada por outra com trabalhos em guache, desenho, gravura e ilustração na Sociedade Nacional de Belas-Artes.
Retrospective exhibition on Portuguese painter Nikias Skapinakis (1931) presenting works belonging to the Modern Art Centre and private collectors produced over a period of forty years. The show was complemented by another exhibition staged at the Sociedade Nacional de Belas-Artes (National Fine Arts Society) that displayed gouaches, prints, and illustrations.

A exposição antológica e retrospetiva de trabalhos de Nikias Skapinakis (1931-2020) reuniu obras realizadas entre 1950 e 1985, tendo sido inaugurada a 21 de fevereiro na Sala de Exposições Temporárias do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian (CAM-FCG).

A exposição, que encerrou a 3 de março de 1985, foi integrada num conjunto de iniciativas que o CAM organizou, tendo como objetivo, segundo o seu diretor, José Sommer Ribeiro, «não só ter uma leitura da evolução da obra dos artistas, como também uma releitura dos textos de diversos críticos que ao longo dos anos estudaram o seu trabalho» (Figuração e Parafiguração na Pintura de Nikias Skapinakis, 1950-1985, 1985).

Como assinalam alguns artigos em periódicos, foi proposta uma leitura do trabalho de Skapinakis em 12 séries temáticas e cronológicas: «Jovem Pintura (1950-54)», «Lirismo Expressionista (1955-56)», «Retratos (1956-67)», «Paisagens de Lisboa (1961-72)», «Circos (1964-67)», «Parafiguração 1.º Período (1966-76)», «Para o Estudo da Melancolia em Portugal (1967-74)», «Os Caminhos da Liberdade (1968-70)», «As Metamorfoses de Zeus (1970-79)», «Flores e Frutos (1971-73)», «A Cesta de Deméter (1976-79)» e «Parafiguração 2.º Período (1979-85)».

Esta mostra de pintura a óleo realizada no CAM foi completada por outra, com trabalhos em guache, desenho, gravura e ilustração, patente na Sociedade Nacional de Belas-Artes (SNBA), inaugurada a 25 de fevereiro de 1985. Para esta outra exposição foi editado um novo catálogo, sem reproduções e de menores dimensões, com um prefácio assinado por Fernando de Azevedo. Na SNBA, a exposição prolongou-se até 24 de março do mesmo ano.

Em maio de 1985, a mostra foi novamente apresentada na sua totalidade no Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto. Às obras que pertenciam ao acervo do Centro de Arte Moderna, juntaram-se trabalhos cedidos por colecionadores privados. A estes, no final da exposição, foi enviada uma carta, assinada por Sommer Ribeiro, com uma nota de agradecimento e a oferta do catálogo da exposição (Carta de José Sommer Ribeiro para Rosa Alvim, 5 jun. 1985, Arquivos Gulbenkian, CAM 00138).

O catálogo, além de conter uma nota biográfica e uma cronologia das exposições individuais e coletivas, inclui textos de Sommer Ribeiro, José Júlio, José Rodrigues Miguéis, Jean-Jacques Lévêque, André Parinaud e José-Augusto França.

Na análise da obra de Skapinakis, é tema recorrente o modo como o artista transforma a realidade na abstração dos motivos e na solidão que emana dos espaços recriados, muitas vezes representados sem a presença da figura humana.

Referindo-se ao título da exposição, «Figuração e Parafiguração na Pintura de Nikias Skapinakis», José-Augusto França diz que «as figuras da melancolia, ou os frutos pintados, são, afinal, parafigurados, na medida em que imitam e não reproduzem ou interpretam as figuras desejadas» (Figuração e Parafiguração na Pintura de Nikias Skapinakis…, 1985).

No catálogo, os textos de José-Augusto de França e de André Parinaud (ambos de 1984), escritos por ocasião da exposição de Nikias Skapinakis na Galerie Bellechasse, são os de datação mais recente. Os restantes, de 1954, 1963 e 1972, naturalmente não acompanham a obra mais recente que esta mostra antológica compreendeu.

Algumas das obras expostas no CAM foram anteriormente apresentadas na Galeria 111, em Lisboa, em maio de 1984, na exposição retrospetiva intitulada «Nikias Skapinakis. Parafiguração».

Na imprensa, a exposição suscitou algumas críticas negativas, como o atesta o artigo assinado por Alexandre Pomar no Diário de Notícias, no qual o autor chama a atenção para o modo como os trabalhos de Nikias Skapinakis falham no seu diálogo com o espaço, tanto no CAM como na SNBA: «Há que começar por dizer que nem a distribuição das obras por espaços da Fundação Gulbenkian e da Sociedade Nacional de Belas-Artes, nem a própria amostragem da pintura na galeria de exposições temporárias do CAM, com extensão ao hall e restaurante e ainda um quadro sobre a entrada deste, são factores adequados ao objectivo que pretenderá atingir: o entendimento de uma obra na sua diversidade e extensão temporal.» (Pomar, Diário de Notícias, 8 mar. 1985) Alexandre Pomar refere ainda que, em relação ao catálogo, seria de esperar um maior e mais pormenorizado cuidado documental na conceção de uma obra sobre uma exposição antológica (Ibid.).

É igualmente em tom de crítica que a exposição é mencionada no jornal Expresso: «Lamente-se a dispersão por dois espaços da útil retrospectiva e a limitada eficácia da sala do CAM […] e também que […] não tenha o catálogo contado com algum trabalho documental por parte do mesmo CAM.» («Nikias Skapinakis, Centro de Arte Moderna e SNBA», Expresso, 2 mar. 1985)

Todavia, no mesmo Expresso, mas referindo-se à mostra no Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto, Fernando Pernes considerará tratar-se de «uma exposição a não perder» (Pernes, Expresso, 27 abr. 1985).

Carolina Gouveia Matias, 2017


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

Carroussel

Nikias Skapinakis (1931-2020)

Carroussel, Inv. GP212

Casamento

Nikias Skapinakis (1931-2020)

Casamento, 1965 / Inv. GP205

De noite

Nikias Skapinakis (1931-2020)

De noite, 1964 / Inv. GP174

Égina e a Águia Arrebatadora (Série: As Metamorfoses de Zeus - VIII)

Nikias Skapinakis (1931-2020)

Égina e a Águia Arrebatadora (Série: As Metamorfoses de Zeus - VIII), 1978 / Inv. 78P587

Objecto não Identificado - XLII

Nikias Skapinakis (1931-2020)

Objecto não Identificado - XLII, 1968 / Inv. 83P932

sem título

Nikias Skapinakis (1931-2020)

sem título, 1975 / Inv. GP408

sem título

Nikias Skapinakis (1931-2020)

sem título, 1975 / Inv. GP395


Publicações


Material Gráfico


Documentação


Imprensa


Fontes Arquivísticas

Arquivos Gulbenkian (Centro de Arte Moderna), Lisboa / CAM 00138

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém convite, orçamentos, seguros das obras, correspondência interna e externa, material para o catálogo e recortes de imprensa. Contém igualmente a publicação mensal francesa «Galerie des Arts, Revue d’Informations Artistiques» (n.º 226, dez. 1984). 1984 – 1985


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.