Robert e Sonia Delaunay (1885 – 1941, 1885 – 1979)

Exposição retrospetiva do casal de pintores franceses Sonia e Robert Delaunay, que, assinalando a ligação emocional dos dois artistas a Portugal, em muito se ficou a dever à vontade expressa por Sonia Delaunay de ver a sua obra ser apresentada nas galerias da Fundação Calouste Gulbenkian juntamente com a obra do marido.
International travelling exhibition of paintings by the French couple Sonia (1885-1979) and Robert (1885-1941) Delaunay, an initiative of the Calouste Gulbenkian Foundation held in Lisbon. The show was held thanks in large part to Sonia Delaunay, who had expressed a desire to see her work displayed alongside her husband's in the Foundation's galleries.

Exposição organizada ao abrigo dos acordos culturais luso-franceses, pela Association Française d’Action Artistique, com a participação do Musée National d’Art Moderne – Centre Georges Pompidou, sob o patrocínio do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério da Cultura da República Francesa, e comissariada pelo editor francês, e amigo do casal, Jacques Damase.

Para assinalar esta iniciativa, foi designada uma comissão de honra, constituída pelo ministro das Relações Exteriores, Claude Cheysson, o ministro da Cultura, Jack Lang, e o embaixador de França em Portugal, Jacques Chazelles. A comissão portuguesa foi representada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, André Gonçalves Pereira, o ministro da Cultura e Coordenação Científica, Francisco Lucas Pires, e o embaixador de Portugal em França, António José de Siqueira Freire.

A apresentação em Lisboa inseriu-se num périplo ibérico (Fundação Calouste Gulbenkian, Fundación Juan March), que procurava reafirmar a ligação emocional destes dois artistas a Portugal e a Espanha.

Como é referido pelo diretor do Serviço de Exposições e Museografia da FCG, José Sommer Ribeiro, na introdução do catálogo da exposição, a realização em Portugal desta importante retrospetiva do casal de pintores franceses muito se ficou a dever à vontade expressa por Sonia Delaunay de ver a sua obra ser apresentada nas galerias da Fundação juntamente com a obra do marido. Esse desejo terá sido manifestado aquando de uma anterior mostra coletiva, realizada em 1972, que reunia as suas obras e as dos seus amigos modernistas portugueses (Sonia e Robert Delaunay em Portugal e os Seus Amigos Eduardo Vianna, Amadeo de Souza-Cardoso…). O desejo cumpriu-se graças ao esforço do editor francês Jacques Damase, que comissariaria a exposição (Robert e Sonia Delaunay, 1885-1979, 1982).

A estreita ligação que o casal manteve com Portugal, com os artistas portugueses e com a cultura popular do norte do país fez eco nas suas obras, durante o período em que se estabeleceram em Portugal, destino de acolhimento durante a Primeira Guerra Mundial. Na opinião de Jacques Damase, terá sido fundamental para o desenvolvimento das pesquisas artísticas de ambos, e no caso de Robert diria mesmo que «em nenhum outro local, melhor do que Portugal, Delaunay aplicou as suas teorias sobre a cor simultânea» (Robert e Sonia Delaunay, 1885-1979, 1982).

Já anteriormente, em 1978, a FCG fizera relevantes aquisições de obras dos dois artistas, e em contrapartida Sonia Delaunay doara generosamente um conjunto de desenhos e gravuras do casal, consolidando ainda mais os laços e a presença dos artistas no meio artístico português, e contribuindo para o seu prestígio e para a afirmação dos valores modernistas. Algumas destas obras do acervo da FCG seriam mostradas pela primeira vez ao público português nesta mesma retrospetiva.

Tratou-se da mais completa mostra internacional realizada até então dedicada a dois precursores do orfismo, contando com um total de 155 obras e compreendendo todos os períodos criativos dos Delaunay. Este aspeto seria também reforçado por José Augusto-França: «A presente exposição vai tomar lugar de relevo na longa série de exposições de um e de outro artista, mais raras em conjunto.» (França, Colóquio/Artes, mar. 1982, p. 64)

Só foi possível reunir este conjunto apreciável de obras graças ao apoio do Estado francês, de vários museus franceses, da Bibliothèque Nationale de France, bem como dos colecionadores particulares que cederam obras para o efeito. O conjunto apresentado reunia pinturas a óleo, desenhos, gravuras, tapeçarias, estudos e documentação gráfica e fotográfica.

Em virtude do extraordinário interesse que a exposição despertou junto do público, foi autorizado o prolongamento do período de exibição da exposição e a realização de um ciclo de visitas orientadas por especialistas.

A título complementar, foram apresentados filmes de Patrick Raynaud, que ofereciam ao público preciosos contributos sobre a vida e a obra destes pintores fundamentais da pintura ocidental da primeira metade do século XX.

A acompanhar a exposição, foi igualmente reunida uma coleção bibliográfica, que contou com o apoio da Biblioteca Geral da Fundação (atual Biblioteca de Arte).

Filipa Coimbra, 2017

Exhibition organised under Luso-French cultural agreements by the Association Française d'Action Artistique, with the participation of the Musée National d'Art Moderne - Centre Georges Pompidou, sponsored by the Ministry of Foreign Relations and the Ministry of Culture of the French Republic and curated by French publisher and friend of the couple Jacques Damase (1930-2014).
To mark this important initiative, a committee of honour was appointed, comprising the Minister of Foreign Relations, Claude Cheysson (1920-2012), the Minister of Culture, Jack Lang (1939) and the French Ambassador in Portugal, Jacques Chazelles. The Portuguese committee was represented by the Minister of Foreign Affairs, André Gonçalves Pereira (1936), the Minister of Culture and Scientific Coordination, Francisco Lucas Pires (1944-1998), and the Portuguese Ambassador in France, António José de Siqueira Freire.
The exhibition in Lisbon was integrated into an Iberian tour (Calouste Gulbenkian Foundation (FCG), Juan March Foundation), which sought to enhance the emotional connection between the two artists and Portugal and Spain.
As mentioned by the head of the FCG Exhibitions and Museography Department, José Sommer Ribeiro (1924-2006), in the introduction to the exhibition catalogue, this important retrospective of the French painter couple was held in Portugal largely thanks to the desire expressed by Sonia Delaunay to see her work on display at the Foundation's galleries together with her husband's work, when she was at a previous collective show held in 1972 that brought together their work and pieces by their Portuguese modernist friends (Sonia e Robert Delaunay em Portugal e os seus Amigos Eduardo Vianna, Amadeo de Souza-Cardoso...). The desire was fulfilled thanks to the efforts of an important French publisher, Jacques Damase (1930-2014), who curated this exhibition (Robert e Sonia Delaunay 1885-1979, 1982).
The close relationship that the couple had with Portugal, Portuguese artists and folk culture in the north of the country was echoed in their work when they were settled in Portugal, their host country during the First World War. In Jacques Damase's opinion, this would have been fundamental for both artists' artistic research, and in Robert's case he would even say that in no place better than Portugal did Delaunay apply his theories on simultaneous colour (Robert e Sonia Delaunay 1885-1979, 1982).
Previously, in 1978, the FCG had acquired crucial works by the two artists and, in return, Sonia Delaunay had generously donated an important set of drawings and engravings by the couple, further enhancing the ties and presence of the artists in the Portuguese art world, making it more prestigious and asserting modernist values. Some of these pieces in the FCG collection would then be shown to the Portuguese public for the first time at this retrospective (Letter from José de Azeredo Perdigão to the cultural attaché at the French Embassy, 9 May 1980, Gulbenkian Archives, SEM 00242).
This was the most complete international show dedicated to two forerunners of orphism, with a total of 155 works and covering all Delaunay's creative periods. This aspect would also be highlighted in the words of Sommer Ribeiro: This exhibition will take a leading position in a long series of exhibitions on one or the other, but rarely both artists together (França, Colóquio. Artes, Mar. 1982, p. 64).
It was only possible to bring this notable set of works together thanks to support from the French state, several French museums, the Bibliothèque Nationale de France, and private collectors who lent works to be exhibited. The pieces displayed included oil paintings, drawings, engravings, tapestries, studies and graphic and photographic documents.
An extension to the exhibition was authorised following the extraordinary interest it aroused in the public, and a programme of guided tours by specialists was arranged.
Alongside this, films by Patrick Raynaud were projected to give the Portuguese public precious information about the life and work of these fundamental painters of Western painting in the first half of the 20th century.
A bibliographic collection was also brought together to accompany the exhibition, with support from the Foundation's General Library (now the Art Library).

Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

Étude pour le portrait de Massine

Robert Delaunay (1885-1941)

Étude pour le portrait de Massine, Inv. DE61

Femme Nue Lisant

Robert Delaunay (1885-1941)

Femme Nue Lisant, Inv. PE113

Maquette de l'Album nº 1 des Expositions Mouvantes - Nord-Est-Sud-Ouest (étude)

Robert Delaunay (1885-1941)

Maquette de l'Album nº 1 des Expositions Mouvantes - Nord-Est-Sud-Ouest (étude), Inv. DE75

Portrait de Mme. Heim

Robert Delaunay (1885-1941)

Portrait de Mme. Heim, Inv. PE126

Projet Bulletin de souscription pour l'album nº 1 des Expositions Mouvantes Nord-Sud-Est-Ouest

Robert Delaunay (1885-1941)

Projet Bulletin de souscription pour l'album nº 1 des Expositions Mouvantes Nord-Sud-Est-Ouest, Inv. DE74

Affreux Jojo

Sonia Delaunay (1885-1979)

Affreux Jojo, 1969 / Inv. GE46

Auto-Portrait

Sonia Delaunay (1885-1979)

Auto-Portrait, 1916 / Inv. DE76

Chanteur Flamenco (dit Petit Flamenco)

Sonia Delaunay (1885-1979)

Chanteur Flamenco (dit Petit Flamenco), 1916 / Inv. DE78

Chanteurs Flamenco (dit Grand Flamenco)

Sonia Delaunay (1885-1979)

Chanteurs Flamenco (dit Grand Flamenco), 1915-1916 / Inv. PE114

Hommage à Stravinsky

Sonia Delaunay (1885-1979)

Hommage à Stravinsky, 1970 / Inv. GE92

Le Coeur à Gaz

Sonia Delaunay (1885-1979)

Le Coeur à Gaz, 1923 / Inv. GE102

Le Coeur à Gaz

Sonia Delaunay (1885-1979)

Le Coeur à Gaz, 1923 / Inv. GE105

Le Coeur à Gaz

Sonia Delaunay (1885-1979)

Le Coeur à Gaz, 1923 / Inv. GE106

Le Coeur à Gaz

Sonia Delaunay (1885-1979)

Le Coeur à Gaz, 1923 / Inv. GE109

Le Coeur à Gaz

Sonia Delaunay (1885-1979)

Le Coeur à Gaz, 1977 / Inv. GE108

Le Coeur à Gaz

Sonia Delaunay (1885-1979)

Le Coeur à Gaz, 1923 / Inv. GE103

Noir et Blanc

Sonia Delaunay (1885-1979)

Noir et Blanc, Inv. GE48

Noir et Blanc

Sonia Delaunay (1885-1979)

Noir et Blanc, sem data / Inv. GE49

Roi de Coeur

Sonia Delaunay (1885-1979)

Roi de Coeur, c.1970 / Inv. GE53


Eventos Paralelos

Ciclo de cinema

Sobre Vida e Obra de Robert e Sonia Delaunay

1982
Fundação Calouste Gulbenkian
Lisboa, Portugal
Visita(s) guiada(s)

[Robert e Sonia Delaunay (1885 – 1941, 1885 – 1979)]

27 fev 1982 – 11 mar 1982
Fundação Calouste Gulbenkian / Edifício Sede – Galeria de Exposições Temporárias (piso 0)
Lisboa, Portugal

Publicações


Material Gráfico


Fotografias

Roberto Gulbenkian, José de Azeredo Perdigão e José Sommer Ribeiro (à dir.)
Roberto Gulbenkian (ao centro) e José de Azeredo Perdigão (à dir.)
José de Azeredo Perdigão e Roberto Gulbenkian (à esq.)

Multimédia


Documentação


Periódicos


Fontes Arquivísticas

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM 00242

Pasta com documentação referente à produção da exposição. Contém convite, orçamentos, correspondência recebida e expedida, seguros, transporte de obras, relação de obras, elementos para o catálogo e recortes de imprensa. 1980 – 1984

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM 00708

Pasta com convites e programas de diversos eventos organizados pelo Serviço de Belas-Artes. 1975 – 1992

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Comunicação), Lisboa / COM-S001/019-D02083

6 provas, p.b.: inauguração (FCG, Lisboa) 1982

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM-S007-P0117-D00372

43 provas, p.b.: inauguração (FCG, Lisboa) 1982


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

Este website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. Podendo também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.