Centenário da artista Salette Tavares

O ano de 2022 marca o centenário do nascimento de Salette Tavares (1922-1994), figura notável da cena cultural e artística de vanguarda do século XX em Portugal.
Vista da exposição «Salette Tavares. Poesia Espacial», CAM, 2014-2015. Foto: Paulo Costa

Salette Tavares foi uma artista portuguesa que começou por se destacar na década de 1960 no contexto da Poesia Experimental, participando nos Cadernos de Poesia Experimental.

Informada e dedicada a uma continuada reflexão teórica da comunicação de massas aos estudos de Estética, a sua obra articulou a produção literária e a prática artística, estendendo-se à poesia visual, à espacialização dessa poesia – através de uma exploração tridimensional –, e à produção de objetos de cariz lúdico, alicerçados numa dimensão quotidiana e, por vezes, doméstica, relacionando inevitavelmente arte e vida.

 

 

Em 2014, o Centro de Arte Moderna dedicou-lhe a primeira exposição retrospetiva, articulando os dois universos da sua produção e apostando igualmente na reconstrução de obras que ou estavam danificadas ou que desapareceram com o tempo, como foi os casos de Dia Positivo, O Rato Roeu e Bailia, e que integraram a Coleção do CAM, a par das peças Porta das Maravilhas, Efes e Aranha.

 

Salette Tavares, «O Rato Roeu», 1979-2014. Inv. 15E1778
Salette Tavares, «Dia Positivo», 1979-2014. Inv. 15E1779

 

Salette Tavares nasceu a 31 de março de 1922. No dia do seu centésimo aniversário, a editora e livraria Tigre de Papel assinala a efeméride celebrando a sua escrita no evento «100 anos de Salette Tavares: tiramos os sapatos e irramos, lendo». Será também apresentado o selo dos CTT comemorativo do centenário, integrado na emissão filatélica Vultos da Cultura Portuguesa.

 

Salette Tavares, 1970. Cortesia de Salette Brandão
Salette Tavares, 1982. Cortesia de Salette Brandão

 

A 21 e 22 de julho deste ano, a Universidade Fernando Pessoa associa-se ao programa Reencontrar Salette Tavares. Cem Anos Agora: Educar, Brincar, Comunicar com a organização do Colóquio «Salette Tavares, “vocação de ser itinerante”» para discutir as múltiplas interseções e diálogos da obra de Salette Tavares.

 

Selo comemorativo do centenário de Salette Tavares

 

Atualização em 01 abril 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.