CAM em Movimento: Salomé Lamas

Golden Dawn, 2011

Num contentor marítimo instalado no Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian apresenta-se, entre setembro e janeiro, um ciclo de filmes da Coleção do CAM, que se divide em três partes diferentes.

Slider de Eventos

Num contentor marítimo instalado no Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian, poderá visualizar Golden Dawn (2011) de Salomé Lamas. Tendo o Mar do Norte como pano de fundo, assim como uma das mais duras profissões de que há memória, Golden Dawn é filmado num barco de pesca holandês: a água e as luzes na noite escura, as cores vivas das vestes de plástico, as redes que são lançadas e recolhidas, as caixas de peixe com gelo, as boias que marcam trajetos no mar. Na ausência total de palavras, são os planos fotográficos que preenchem o espaço de uma vaga tensão performativa e narrativa; a música de Felipe Felizardo e o título do filme (nome de um partido neonazi grego) acentuam a tensão para lá daquilo que as imagens fazem prever.

Curadoria: Leonor Nazaré

 

Ciclo de filmes: O espaço é real? 

A vivência e a interpretação instintiva dos espaços que cada um de nós desenvolve naqueles que habita, percorre ou visita é muito menos objetiva do que possamos pensar, num primeiro momento: resulta de um ponto e vista e de uma disposição e propósito interiores. Os três momentos deste ciclo de filmes da Coleção do CAM levam-nos de espaços reais da Fundação, vistos com um olhar novo e inesperado, a espaços de assumido devaneio e estranheza, passando por modos de ficcionar e narrar a imersão num espaço natural.

  • Espaços da Fundação: A primeira parte deste ciclo remete-nos diretamente para espaços da Fundação Calouste Gulbenkian, por terem sido aí realizados, tendo sido adquiridos nos últimos anos. Filmes: I gave my love a cherry that had no stone (2016) de Emily Wardill e Piso Térreo (2006) de Filipa César.
  • Abordagens ficcionais da natureza: A segunda parte deste ciclo inclui dois filmes que remetem para abordagens ficcionais da natureza. Filmes: Surrendering after Hamish (2004) de Bruno Pacheco e Golden Dawn (2011) de Salomé Lamas.
  • Os mundos paralelos do inconsciente: A terceira parte deste ciclo integra dois filmes que assinalam o devaneio ou os mundos paralelos que se situam nas passagens entre a consciência e o inconsciente. Filmes: Hereditas (2006) de Vasco Araújo e Hypnotic Suggestion (1993) de Jane e Louise Wilson.

 


CAM EM MOVIMENTO

CAM em Movimento é uma programação «fora de portas», que reúne um conjunto de intervenções site-specific de artistas e exposições com obras da Coleção em diferentes espaços da cidade de Lisboa e da área metropolitana.

Saber mais

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected] .


Parceiros

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.