Coleções Fotográficas

Coleção José Luís Tinoco

Coleção constituída por 955 diapositivos realizados pelo arquiteto José Luís Tinoco e adquiridos pela Fundação Calouste Gulbenkian, com obras de pintura, gravura e desenho produzidas por artistas portugueses entre as décadas de 40 e 70 do século 20.
(Ver Coleções digitalizadas).


Arquitetura e escultura portuguesas dos séc. XVI-XIX

Esta coleção compõe-se de 2.400 provas fotográficas (p/b), que resultaram de um levantamento de arquitetura e escultura portuguesas do século XVI ao século XVIII, levado a cabo por investigadores do Courtauld Institute of Art
(Ver Coleções digitalizadas).


A Talha em Portugal

Levantamento fotográfico, constituído por 1 878 provas e 1 416 negativos p&b, realizado pelo historiador de arte americano Robert Chester Smith nos anos 1960.
(Ver Coleções digitalizadas)


Azulejaria Portuguesa

Levantamento (5028 fotografias, p&b e cor) realizado por João Miguel dos Santos Simões entre 1960-1968 e de que resultou a elaboração de Corpus da azulejaria portuguesa, publicado pela Fundação Calouste Gulbenkian entre 1963-1970.
(Ver Coleções digitalizadas).


Coleção Mário Novais

Esta coleção é constituída por 80.309 documentos fotográficos de diversos tipos (negativos, diapositivos, interpositivos) que abrangem os 50 anos de atividade do Estúdio Novais, do fotógrafo Mário Novais.
(Ver Coleções digitalizadas).


A Arquitetura Gótica em Portugal

Esta coleção resulta do trabalho de investigação realizado pelo historiador de arte Mário Tavares Chicó e pelo fotógrafo Mário Novais, e é constituída por 410 provas (p/b), em formato 18×24, de que veio a resultar a monografia intitulada A Arquitetura gótica em Portugal, editada em 1954.
(Ver Coleções digitalizadas).


Do Estádio Nacional ao Jardim Gulbenkian

Coleção formada por 929 diapositivos que resultaram da recolha documental e fotográfica que deu origem à exposição intitulada Do Estádio Nacional ao Jardim Gulbenkian: Francisco Caldeira Cabral e a primeira geração de arquitetos paisagistas. A coleção contém, maioritariamente, imagens de desenhos, projetos e obras da primeira geração de arquitetos paisagistas portugueses (1940-1970).
(Ver Coleções digitalizadas).


Fotografias do Oriente

Esta coleção é constituída por 518 provas fotográficas (p/b) de imagens de paisagens e de arquitetura, sobretudo a religiosa (séculos 15 e 18), de várias regiões e países do Oriente, resultando de um trabalho de investigação subsidiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, efetuado pelo historiador Francis Millet Rogers na década de 1960.
(Ver Coleções digitalizadas).