7 Julho 2020

Fundação Calouste Gulbenkian atribui 49 Prémios a Professores Arménios

Concurso para o Ensino Online de Arménio

© DR

Em abril de 2020, o Serviço das Comunidades Arménias lançou um Concurso para o Ensino Online de Arménio, com o objetivo de encorajar os professores da diáspora que lecionam em arménio durante a súbita transição para as plataformas de ensino online no período de confinamento, devido à pandemia Covid-19.

Neste contexto, solicitámos que enviassem exemplos de materiais pedagógicos e das suas interações com os alunos, acompanhados por uma descrição de como as aulas foram realizadas nas plataformas online.

O concurso decorreu durante seis semanas e as candidaturas foram avaliadas quinzenalmente por um júri composto por sete colaboradores da Fundação. No processo de seleção foram aplicados os seguintes critérios:

  • Uso inovador de mecanismos online e originalidade da ideia.
  • Adaptação da metodologia de ensino e abordagens pedagógicas.
  • Envolvimento/interação com os alunos (o fator “ser divertido”).
  • Qualidade de execução e utilização da língua arménia.
  • Potencial de utilização por outros.

Foram recebidas 106 candidaturas provenientes de 13 países, de professores que trabalham em escolas arménias. A maioria dos candidatos são professores de língua, mas o prémio destinava-se a professores de todas as disciplinas. Participaram igualmente professores de história, religião, matemática, ciências, arte, e educação física. A idade média dos candidatos é de 44 anos.

De forma a prestar o maior apoio possível, e em reconhecimento do excelente trabalho que muitos dos professores estão a fazer, a Fundação aumentou o número de prémios atribuídos de 30 para 49. Como tal, 46 % dos candidatos foram bem-sucedidos, recebendo cada um deles um prémio monetário de 500 dólares.

English-Infographics_1000x1000
Armenian-Infographics_1000x1000

“Lamentavelmente não nos foi possível apoiar todos os candidatos”, disse Razmik Panossian, diretor do Serviço das Comunidades Arménias. “Queremos, no entanto, reconhecer e enaltecer os esforços de todos os participantes, bem como dos professores arménios em todo o mundo durante estes dias difíceis de pandemia”.

O anúncio e as condições do Prémio podem ser lidos em inglês aqui.

 

Estes são os 49 premiados:

1.    Abraham Abrahamian

23.   Liza Jiguerian Manoyan

2.    Adrine Malhasian

24.   Lucy Deukmejian

3.    Alik Arzoumanian

25.   Manoushag Alexanian

4.    Alina Hadjian

26.   Belén Istephanian   

Alicia Nerguizian (group application)

27.   Marina Danoyan

5.    Annie Maljian Geokgeuzian

28.   Maro Aintabian

6.    Annie Tchaparian Moskofian

29.   Natali Bagdat Kocabay

7.    Anahit Hovhannisyan 

30.   Natalí Kevorkian

8.    Ani Karasaban

31.   Nayiri (Nanor) Panossian Bedrossian 

9.    Annie Bilalian

32.   Nora Sarafian Tachjian

10.  Ardemis Mgrdichian

33.   Pauline Nazarian Merdkhanian

11.  Betty Berberian

34.   Sandra Hamamjian

12.  Dzovinar Gumushian Boyadjian

35.   Sevan Boghos Deirbadrossian

13.  Gayane Erzrumyan

36.   Shogher Ashekian

14.  George Arabatlian

37.   Sonia Baghdassarian

15.  Gohar Safaryan

38.   Sossie Karoghlanian Chilingirian

Karina Silvia Balian (group application)

39.   Sosy Garjikian

16.  Hayganoush Minassian

40.   Sousy Bairamian

Ani Apikian

41.   Taline Ashekian 

Araksya Mikayelyan

42.   Taline Jerjerian Berejiklian

Anush Fendyan (group application)

43.   Tamar Hagopian Yalmanian

17.  Hera Iskenderoglu

44.   Tamar Mangasar

18.  Hribsime Nalbandian

45.   Tamar Tchaparian Kechichian 

19.  Karin Akal

46.   Tsoline Elmayan

20.  Kohar Mandjian

47.   Vahan Saghdejian

21.  Lena Kouyoumdjian Araboghlian

48.   Vartoug Rose Fernezlian

22.  Lerna Karakutuk

49.   Viviana Basmadjian

Os nossos parabéns a todos!

 

Documento para consulta em Arménio