10 Fevereiro 2020

Novos Programas para o Líbano

O serviço das Comunidades Arménias anuncia a criação de três programas dirigidos à comunidade arménia no Líbano:

 Programa de Subsídios para Escolas Arménias

 Programa de Desenvolvimento para Professores

 Curso de Conteúdos em Arménio Ocidental

O Serviço das Comunidades Arménias desenvolveu, em 2019, uma estratégia específica para as escolas arménias e os programas educativos no Líbano, destacando o ensino do arménio ocidental. É neste contexto que a Fundação desenvolveu os programas acima referidos para fazer face aos principais desafios que a educação arménia enfrenta: as escolas, os professores e a própria língua.

O primeiro destes programas visa a atribuição de subsídios a escolas arménias no Líbano. A Fundação acredita que as reformas, com o propósito de trazer mudanças essenciais para as escolas, devem partir da iniciativa da própria instituição educativa. Estas mudanças devem ser baseadas nas necessidades reais das escolas e nas suas perspetivas de desenvolvimento.

A direção da escola, em conjunto com os seus colaboradores e professores, está em condições privilegiadas para identificar carências e desenvolver um projeto com vista a implementar reformas para colmatar as necessidades apuradas. A Fundação entende que a implementação das reformas falha, em parte, porque as escolas carecem de planos de ação eficazes e de recursos financeiros. Com este programa, a Fundação pretende disponibilizar os meios financeiros necessários para que as escolas, que se esforçam para enfrentar os desafios de restruturação e atualização dos métodos pedagógicos e de aprendizagem, possam implementar atividades específicas. Estas atividades destinam-se a melhorar a escola e, em especial, valorizar o ensino do arménio ocidental.

O programa de subsídios para escolas proporciona a possibilidade de desenvolverem um projeto educativo abrangente, que aborde questões relacionadas com a prática profissional na escola ou outras questões prementes da educação. Isto permitirá que as escolas selecionadas implementem práticas de ensino inovadoras e testem novas abordagens que reflitam um pensamento educativo mais contemporâneo.

O segundo programa (Programa de Desenvolvimento para Professores) atua ao nível universitário, sendo direcionado para professores que utilizem o arménio ocidental enquanto língua de ensino em escolas arménias no Líbano. A forma como o arménio ocidental é atualmente ensinado no Líbano, assim como noutras partes da diáspora,  necessita de uma abordagem multifacetada para tratar um processo que se reveste de alguma complexidade. Para a Fundação, a abordagem destas problemáticas não pode limitar-se apenas à atribuição de fundos às escolas, sendo também preciso lidar com as suas causas. Ao investirmos nas escolas e nos professores, procuramos contribuir para que estes façam face a alguns dos desafios, focando-se na transmissão do arménio ocidental.

A Fundação procura ainda ajudar na reforma pedagógica, com o intuito de promover o surgimento de uma nova geração que interiorize a língua e seja capaz de falar e criar em arménio ocidental, usando esta língua como um meio de expressão de criatividade no século XXI.

Para assegurar a eficácia da aprendizagem do arménio ocidental nas novas gerações, é imperativo que existam professores que consigam ensinar, usando a língua de forma criativa. Os professores, enquanto um dos principais elementos de qualquer programa educativo, são responsáveis pela implementação do processo, sendo a sua atuação um contributo essencial no campo da educação. Assim, a Fundação gostaria de promover a educação contínua para professores no Líbano que utilizem o arménio ocidental como língua de ensino, para que possam continuar a crescer e adquirir novas competências para ensinar e transmitir a língua. Em colaboração com as universidades locais no Líbano, a Fundação irá financiar um programa de desenvolvimento para professores que ajudará a criar uma cultura inovadora de ensino. O objetivo principal deste programa dinâmico é tornar ativo, interessante e relevante o ensino da língua e da cultura arménia ocidental através de professores habilitados e experientes.

O terceiro programa visa a criação de um Curso de Conteúdos em Arménio Ocidental, integrado no Programa de Desenvolvimento para Professores, que será inteiramente lecionado em arménio ocidental. A Fundação irá colaborar com profissionais deste campo, no sentido de aperfeiçoar o curso e fomentar o desenvolvimento linguístico, cultural, analítico e o pensamento crítico dos participantes, contribuindo, deste modo, para o seu desenvolvimento profissional e interiorização da língua.

Para mais informações sobre estes programas aceda aqui a versão inglesa deste comunicado.