Carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.
  • Conferência

The 1960s in Iraq: Art and Culture

Quando

Qua, 9 janeiro 2019
18:00 até 19:30

Onde

Edifício Sede – Auditório 3
Av. de Berna, 45A , Lisboa
217 823 000
Google Maps »

Bilhetes

Entrada Livre

Os anos sessenta foram anos de intensa atividade e complexas mudanças políticas e culturais interrelacionadas pelo mundo. Foi uma década de revoluções e contrarrevoluções culturais. No Iraque, foi também um tempo de importantes alterações. Politicamente, os anos entre 1958 e 1968 foram marcados por tensões internas e importantes mudanças políticas e sociais pautadas por uma sequência de revoluções militares e períodos de instabilidade. No decorrer destes acontecimentos, o otimismo político dos anos cinquenta que conduziu à revolução de 1958 evaporou-se, em particular após os tumultos de 1963. A turbulência desta década reverberou pelo mundo árabe, por várias razões, culminando na Catástrofe de 1967, a Naksa(palavra árabe para retrocesso).Apesar das enormes desigualdades económicas, dos confrontos sociais e das pressões políticas externas, a década de 1950 fora um período de novas possibilidades, conduzindo a uma vida melhor. Sem que essas possibilidades se tivessem concretizado, acabou-se a esperança. Apesar de a geração de sessenta se caracterizar pela perda dessa esperança, os artistas dessa geração foram capazes de aproveitar o vigor cultural iniciado na década anterior ao mesmo tempo que negociavam realisticamente o seu presente, o que inevitavelmente trouxe um novo enquadramento às problemáticas de representação herdadas dos seus professores.

Esta conferência discute as diversas formulações e mudanças culturais que ocorreram em Bagdade nas décadas de 1950 e 1960, tal como manifestadas nos grupos e movimentos artísticos, bem como as suas preocupações sociopolíticas, apresentando e contextualizando as questões e os protagonistas da cena artística iraquiana que se revelariam fundamentais no delineamento das trajetórias futuras.

Esta conferência é realizada em inglês e integra-se no âmbito da exposição Arte e Arquitetura entre Lisboa e Bagdade.

Oradora: Nada Shabout

Nada Shabout é professora de História de Arte e coordenadora da iniciativa CAMCSI (Contemporary Arab and Muslim Cultural Studies Initiative) na University of North Texas. É presidente e fundadora da associação AMCA (Association for Modern and Contemporary Art from the Arab World, Iran and Turkey)e fundadora e diretora de projetos do arquivo MAIA (Modern Art Iraq Archive). Foi diretora-consultora de investigação no Mathaf: Arab Museum of Modern Art, em Doha, no Catar, e diretora editorial da enciclopédia Mathaf Encyclopedia of Modern Art and the Arab World. É autora de Modern Arab Art: Formation of Arab Aesthetics, University of Florida Press, 2007; coeditora, com Salwa Mikdadi, de New Vision: Arab Art in the 21stCentury, Thames & Hudson, 2009; e coeditora, com Anneka Lenssen e Sarah Rogers, de Modern Art in theArab World: Primary Documents, parte do programa internacional do Museum of Modern Art, Nova Iorque, 2018.

Em agenda