30 Setembro 2016

Um anel precioso

Um anel precioso

No passado dia 17 de Setembro decorreu no Jardim da Fundação uma sessão de anilhagem de aves, onde curiosos e profissionais tiveram oportunidade de capturar e anilhar 5 aves selvagens que ocorrem neste oásis de Lisboa.

A anilhagem científica de aves consiste na aplicação de uma anilha numerada e exclusiva no tarso de uma ave. Permite estudar aspetos da biologia, ecologia e comportamento das aves selvagens e é muito útil para melhor conhecermos os seus movimentos de dispersão e migrações.

Com esta atividade coordenada por investigadores credenciados da Universidade de Évora, os participantes puderam assistir a uma sessão de anilhagem de aves selvagens acompanhando as suas diversas fases. A captura com redes especiais, a colocação da anilha, as medições, os registos que se fazem e a libertação da ave, feito pelos próprios participantes.

Sendo já a quarta sessão que anualmente realizamos, sempre no início do Outono, contamos já com um diverso conjunto de registos de aves anilhadas.

Nesta sessão foram capturadas e anilhados 2 melros, uma Estrelinha-real, uma Toutinegra-de-barrete e um Chapim-azul.