Lago – Planta de Implantação

O lago não mimetiza o lago desenhado por Jacob Weiss embora lhe perpetue a memória. O lago é estudado e desenhado até à exaustão (ver exemplos dos estudos do lago [i]). Estuda-se em íntima ligação com o Auditório, com o Anfiteatro e com a Galeria das Exposições Temporárias com os quais estabelece relações de limite, de profundidade e de cumplicidade. O lago estabelece uma relação com o todo o que determina que a margem se construa de forma diferente  de  acordo com  o carácter do espaço que lhe é adjacente.

Já na fase de execução António Barreto e Gonçalo Ribeiro Telles entregaram, de acordo com o que havia sido previsto na cláusula nona do seu contrato, o Projecto definitivo do arranjo do Parque –  o projecto de execução, a 31 de março de 1963 [ii].

Iniciou-se um primeiro ciclo de construção, que decorrerá entre os anos de 1963 e 1965. Esta fase centrou-se, sobretudo na zona Sul do Jardim. Modelou-se:

– O terreno  entre  a Galeria das  Exposições Temporárias e o lago;  

– O terreno entre o edifício do Museu, o lago e o roseiral;

– Nivelou–se a área correspondente ao palco do Anfiteatro ao ar livre.

Esta peça técnica não teve validação como planta definitiva, mas demonstra uma parte do processo da conceção do lago. Na versão definitiva do lago (zona Norte e Sul) destaca-se a existência de três regatos que surgiram como alteração no decorrer da obra.

[i] Estudo para o desenho do lago – 1961

Estudo para o desenho do lago – 12/1961

Estudo para o desenho do lago (envolvimento pela vegetação).

[ii] 19 de dezembro de 1963.Relatório sobre o Arranjo do Parque de Santa Gertrudes: “ Os Arquitectos Paisagistas (…) cumpriram integralmente o art. 9 do seu contracto que fixa para entrega do Projecto definitivo do arranjo do Parque, a data de 31 de março de 1963”.Serviço de projectos e Obras, (pasta 137 Processo 95, vol. 22 A1) (assinado João Vaz Raposo).

  • Data de produção: 31/03/1962
  • Projetistas (autores principais): TELLES, Gonçalo Pereira Ribeiro, BARRETO, António Facco Viana
  • Contribuintes (autores secundários): FCG - Serviço de Projectos e Obras
  • Fase do projeto: Do projeto de execução à obra (1963-1969)
  • Identificador: PT FCG FCG:SPO-S015/01-DES01113

Para consultar a versão original deste documento deverá contactar os Arquivos Gulbenkian através do endereço eletrónico arquivos@gulbenkian.pt e referenciar o identificador